Accademia Carrara

O lugar que eu dei com a cara na porta (não entendeu? Clica aqui)!

A Accademia Carrara é uma pinacoteca em Bergamo. Foi instituída em 1784, como Pinacoteca e Escola de Pintura, por iniciativa de Giacomo Carrara, que construiu um prédio para hospedar a sua coleção.

Carrara também se preocupou com o futuro da Accademia e com a sua morte, a Academia passou para as mãos de membros das famílias aristocráticas de Bergamo. Essa comissão administrou a Academia até o final da década de 1950, quando a gestão passou para a prefeitura de Bergamo.

Com os anos, a pinacoteca foi recebendo novas aquisições e doações e atualmente possui cerca de 1.800 pinturas feitas entre os séculos XV e XIX, entre os artistas, encontram-se Botticelli, Rafael, Bellini, Mantegna, Pisanello e Piccio.

Além das pinturas, existe ainda uma coleção de desenhos, bronzes, esculturas, porcelanas e medalhas.

A primeira abertura pública foi em 1793, quando o próprio Carraca quis que no mesmo local acontecessem cursos de desenho e de pintura. Foi reconhecida como Academia de Belas Artes em 1988.

Três anos mais tarde, juntou-se a Galeria de Arte Moderna e Contemporânea (GAMeC) que ficava no complexo arquitetônico de frente ao prédio da Academia. Atualmente, são dez salas expositivas distribuídas em três andares.

No final da década de 1990, passou a expor artistas italianos e estrangeiros do século XX, como Kandinsky, Morandi e De Chirico.

Entre 2008 e 2015, a Pinacoteca ficou fechada para importantes trabalhos de restauração do prédio. Uma centena de pinturas ficaram expostas provisoriamente na Cidade Alta, nas salas do Palazzo della Ragione, na Piazza Vechia.

Os trabalhos terminaram em 2013, mas a reabertura aconteceu somente em abril de 2015.

As obras estão distribuídas da seguinte forma nas 10 salas:

  • Sala 1: escola de Bergamo do século XV, escola lombarda do século XV;
  • Sala 2: Botticelli, Beato Angelico, Pisanello, Luca Signorelli;
  • Sala 3: Bellini, escolas venezianas dos séculos XV e XVI;
  • Sala 4: escolas piemontesa, lombarda e vêneta do século XVI;
  • Sala 5: Previtali, Pordenone, Belliniano;
  • Sala 6: Lorenzo Lotto, Ticiano;
  • Sala 7: Da Vinci, Perugino, Rafael, Tintoretto;
  • Sala 8:  escola florentina e de Siena do século XVI;
  • Sala 9: Moretto; Moroni;
  • Sala 10: escolas francesa, holandesa e alemã do século XVI.

De 1º de novembro a 30 de abril, a Accademia Carrara abre das 9:30 às 17:30, última entrada às 17:00; de 1º de maio a 31 de outubro, das 10:00 às 19:00, última entrada às 18:00. É fechada às terças e 25 de dezembro.

O ingresso custa €10,00. Às segundas, o ingresso custa €5,00, assim como em 23 de abril, aniversário da Accademia. No dia 8 de março, as mulheres pagam meia. O ingresso é gratuito para os menores de 18 anos.

Accademia Carrara fica na Cidade Baixa e um pouco afastada do centro. Ela fica na Piazza Giacomo Carrara, 82. Da estação, basta pegar o ônibus 7 para o Piazzale Oberdan (durante a semana) ou da Porta Nuova ao Piazzale Oberdan com os ônibus 6 – 9.

Vai ficar para uma próxima visita, rs.

Foto: Accademia Carrara (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s