Venzone, o borgo dos borgos de 2017

Na edição de 2017 dos “borgos dos borgos da Itália”, quem levou a melhor foi uma cidade com pouco mais de dois mil habitantes: Venzone, que fica na região de Friuli-Venezia Giulia.

O nome Venzone tem origem pré-latina e foi citado pela primeira vez no século I d.C., como Clausas de Abiciones, que virou Albiciones, Aventinone, Avenzon, Avenzone e finalmente Venzone. O nome é uma derivação de curso de água.

Esse borgo era de passagem obrigatória dos Celtas, e depois os romanos a transformaram também em via de passagem que ligava Aquileia com a atual Áustria Central. Os documentos que comprovam isso foram encontrados durante a restauração da Catedral da cidade.

Onde atualmente se encontra a igreja, ficava um antigo prédio romano.

A cidade depois passou por várias invasões de longobardas, ostrogodos, entre outros. No século XI, começou a fazer parte do patriarcado de Aquileia, controlando tráfego comercial. O controle das terras passou para a família Mels, que foi responsável por criar a muralha dupla em torno da cidade.

Acredita-se que o antigo sistema de defesa de Venzone contava com cinco castelos posicionados em pontos estratégicos para dominar da melhor forma o vale. Dois deles foram destruídos no século XIV. Ou talvez um forte terremoto sofrido na região tenha colaborado para a destruição deles.

A cidade passou pelo controle de várias pessoas até a chegada de Veneza, no final do século XIV, que encontrou na cidade um aliado. A sujeição de Friuli a Veneza em 1420 deixou tudo sob um único domínio, mas também foi um período de decadência econômica pela descoberta de novas vias de tráfego comercial.

No final do século XVIII, Venzone foi ocupada pelas tropas de Napoleão e mais tarde, também sofreu dominação austríaca. Somente na metade do século XIX é que passou a fazer parte do Reino da Itália.

Desde 1965, Venzone é um monumento nacional, sendo o único borgo fortificado com uma muralha de 1300 de toda a região e um dos melhores exemplos de restauração no campo arquitetônico e artístico.

Em 1976, a cidade sofreu um grande abalo sísmico que praticamente derrubou a cidade inteira, causando graves danos. Por sorte, por conta da determinação do povo, logo a reconstrução da cidade teve início e nenhum sinal do ocorrido ficou na cidade.

Oito anos depois do terremoto, os cidadãos resolveram reconstruir a Catedral.

Sem dúvidas, um lugar maravilhoso para quem estiver passando pela Itália, em especial a região norte, conhecer! Deve valer a pena!

Fotos: Venzone (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s