Villa Balbianello

O lago de Como e suas belezas extraordinárias. Em uma de suas cidades, Lenno, fica a Villa Balbianello, uma das tantas vilas que ficam em volta do lago e que chamam atenção por sua beleza.

A Villa fica exatamente na ponta da península de Lavedo, um promontório que fica no lago de Como e que, assim como a construção, também recebe o nome de Balbianello. Todo o complexo é propriedade do Fundo Ambiente Italiano (FAI).

Construída em 1787, ela foi erguida em um antigo monastério franciscano do cardial Angelo Maria Durini. Com a morte dele, em 1796, ela foi herdada pelo sobrinho Luigi Porro.

Depois, ela foi comprada por Giuseppe Visconti e cujo filho fez melhoramentos nos jardins e na loggia, mas gradualmente, a villa foi abandonada e ficou 30 anos sem ter ninguém morando nela ou realizando restaurações.

Em estado de abandono até que um oficial americano a renovar. No final da década de 1970 ela foi comprada por um italiano, Guido Monzino, de uma família bastante rica. Ele morreu em 1988, sem deixar herdeiros, mas deixando a villa para a FAI, que a manteve nas condições deixadas pelo italiano.

A villa é atualmente dividida entre a loggia, a biblioteca, a sala dos primitivos, o museu das expedições e o jardim.

A loggia é considerada uma das maravilhas de Balbianello, oferecendo uma vista maravilhosa para o lago de Como: ao norte, Tremezzina e do lado oposto, a ilha Comacina. A rosa dos ventos foi deixada por Monzino, recordação de suas expedições geográficas pelo mundo.

A biblioteca existe desde a construção, apesar de não permanecer nada do projeto original e da decoração original. A intervenção de restauração foi feita também por Monzino. Os livros são dedicados às expedições e ao alpinismo.

A sala dos primitivos mantém uma seleção de peças de arte primária de cultura africana e pré-colombianas, além de arcaicas. Monzino foi um grande colecionador.

O museu das expedições fica no sótão. Monzino decorou essa parte com bandeiras, fotos e peças que contribuíram para traçar a histórias de suas famosas expedições. Elas vêm dos mais variados povos, de tibetanos a argentinos.

Finalmente, o jardim é uma das partes mais procuradas dessa villa por conta de sua beleza. Por conta de seu terreno, era difícil fazer um jardim à italiana, portanto, foi feito um à inglesa.

Villa Balbianello fica em Lenno e funciona de quarta a domingo, das 10:00 às 18:00, mas atenção, ela só fica aberta entre os meses de março e novembro, fechada durante o inverno. O ingresso custa €10,00. A possível ir de Como a Lenno com o ônibus SPT C10 ou pegar um barco de qualquer outra cidade de Como.

Fotos: Villa Balbianello (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s