Ponte delle Torri

Ponte delle Torri é uma ponte e aqueduto, este último provavelmente de origem romana, que fica na cidade de Spoleto, Umbria, sendo um dos monumentos mais famosos da região.

Acredita-se que ela tenha sido erguida por volta do século XIV, em cima dos restos do aqueduto, que levava água para a cidade que ficava no monte. A ponte ainda mantém uma estrutura destinada à vigilância do aqueduto.

Tem quase 80 metros de altura e 300 metros de comprimento, o que para um antigo aqueduto é bastante surpreendente. Ela também ainda mantém a função de ligar o centro histórico da cidade de Spoleto com Monteluco, uma colina.

Nas duas extremidades das pontes, encontram-se fortalezas, a Rocca Albornoziana e a Fortaleza dos Mulini, este último feito para a vigilância da ponte e que era um moinho até o final do século XIX (por isso o nome).

O nome Ponte delle Torri, que literalmente seria ponte das torres, pode fazer alusão às torres das duas fortalezas ou ao fato de que os pilares da ponte lembram torres.

Apesar de ter sido feito em cima de restos de uma estrutura romana, praticamente nada na estrutura atual é dessa época. A estrutura é medieval e acredita-se que o arquiteto tenha sido Matteo Gattaponi, que também foi responsável pela construção da Rocca.

Ao longo do tempo, a Ponte delle Torri foi objeto de restaurações, com algumas arcadas demolidas por motivos estratégicos.

Essa ponte teria inspirado Goethe em suas memórias deixadas no livro Viagem na Itália (do começo do século XIX), na qual ele observa que alguns prédios antigos se ligam como uma segunda natureza com o ambiente que os circunda.

“Fui a Spoleto e também estive no aqueduto, que nesse mesmo tempo é uma ponte entre uma montanha e outra. As dez arcadas que dominam o vale inteiro, construídas com tijolos, resistem, seguramente, aos séculos, enquanto a água escorre perene de um local a outro de Spoleto. É essa terceira obra dos antigos que tenho a minha frente e da onde observo o mesmo sinal, sempre grandioso. A arte arquitetônica dos antigos é verdadeiramente uma segunda natureza, que opera conforme os usos e aos interesses civis. É assim que surge o anfiteatro, o templo, o aqueduto”.

Ponte delle Torri fica próxima a Catedral de Spoleto e atrás da Rocca.

Foto: Ponte delle Torri (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s