Corredor Vasariano

Corredor Vasariano por Una lucciola...

Fui descobrir o Corredor Vasariano provavelmente nos meus últimos dias em Florença e nem sei se ele estava aberto à visitação naquela época.

Esse corredor é praticamente uma pérola porque vai além de um simples corredor que liga o Palazzo Vecchio, atual prefeitura, ao Palazzo Pitti, passando pela Galleria degli Uffizi e a Ponte Vecchio, porque dentro dele se encontram várias obras de arte.

Corridoio Vasariano foi feito em apenas cinco meses a pedido da duque Cosimo I dei Medici na metade do século XVI, feito, claro (como o nome diz), pelo arquiteto Giorgio Vasari, que já tinha feito a Galleria degli Uffizi.

A obra aconteceu juntamente com o casamento entre o filho do duque, Francesco, e a Giovanna da Áustria.

A ideia desse corredor era para que os duques Medici pudessem se mover tranquilamente e sem perigos da sua residência (Palazzo Pitti) até o prédio do governo (Palazzo Vecchio), já que a população não estava muito feliz com o novo duque e o novo sistema de governo, que aboliu a antiga República Florentina (que durou quase um século).

Nessa época, a Ponte Vecchio ainda era um mercado de carnes, que foi transferido para evitar os maus cheiros durante a passagem do duque, e no lugar desse mercado, vieram os ourives que até hoje ocupam a ponte,

Reza a lenda que a vista do corredor foi muito apreciada por Hitler e dos generais nazistas e possivelmente isso salvou a ponte da destruição, diferentemente de todas as outras pontes da cidade, durante a invasão nazista.

Vista interna do Corredor Vasariano (Reprodução)

Vista interna do Corredor Vasariano (Reprodução)

O atual percurso do Corredor Vasariano começa nos Uffizi e termina no Giardino di Boboli, perto da gruta do Buontalenti. Dentro dele, por fazer parte da Galleria degli Uffizi, encontram-se diversas obras de arte do mundo todo.

Na verdade, a coleção do Corredor é considerada a mais vasta e importante coleção do mundo de autorretratos, sendo alguns deles dos séculos XVII e XVIII.

O percurso tem cerca de um quilômetro. Atualmente, está fechado para reparos na estrutura. Ele será reaberto apenas ano que vem. As visitas foram suspensas em julho do ano passado, mas depois reabertas até novembro de 2016.

De toda forma, é bom preparar o bolso porque lembro de ter pegado um panfleto oferecendo visita guiada quando voltei para Florença e o preço era nada menos que €60,00.

Sim, SESSENTA EUROS!

Não sei até que ponto o ingresso dos Uffizi dá direito a visita (sem ser guiada) ao corredor, pois a restrição do número de visitantes por horário é exatamente para que a estrutura dê conta. Acredito que essa reforma seja para reforçar as estruturas e permitir mais pessoas por vez.

… … … … …

Deve ser interessante passar pelo corredor e ver as obras de arte, além de ter outra vista do Arno, mas por €60,00 (se for essa a realidade do turista em Florença)… fica meio complicads (já dizia Mussum)!

Foto: Corredor Vasariano por Una lucciola…

Anúncios

Um comentário sobre “Corredor Vasariano

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s