Burano e Murano

Pensar em Veneza também é pensar em duas pequenas ilhas que fazem parte da cidade, as famosas Burano Murano.

Burano

Burano

Burano tem quase três mil habitantes distribuídos em quatro ilhas que ficam na parte setentrional da laguna de Veneza. Ela faz parte da cidade. Também faz parte de Burano uma ilha chamada Mazzorbo, ligadas por uma ponte.

Essa pequenina cidade é conhecida especialmente por suas casas bem coloridas, que fazem com que os fotógrafos ou os apaixonados pela fotografia fiquem loucos de tanta beleza dentro de um quadro.

Segundo a tradição, Burano teria sido fundada como um centro para os habitantes da cidade romana Altino, que teriam se refugiado na laguna por conta das invasões bárbaras. A primeira menção à cidade aconteceu em 840.

O local era propício por também afastar a malária, por conta do clima, da salubridade e da ventilação.

Burano tem uma única praça, o coração da cidadezinha, a Piazza Baldassare Galuppi, onde fica a igreja de San Martino, conhecida pelo seu campanário pendente (tem post aqui). Burano também é famosa por conta de sua renda, que teria começado no século XVI.

Murano

Murano

A ilha de Murano fica a nordeste de Veneza e é composta por sete ilhas, fazendo parte da cidade de Veneza, com seus 4.500 habitantes, sendo uma das ilhas mais populosas de Veneza.

Provavelmente, como Burano, essa ilha serviu de refúgio para os habitantes de Altino, já que seu nome aparentemente teria sido o mesmo de uma das portas dessa antiga cidade romana. Atualmente, quase todo o território de Murano é urbanizado.

Murano é um pouco maior que Burano. Antes da invasão de Napoleão, o local contava com 18 monumentos religiosos. Atualmente, restam apenas três igrejas funcionando, sendo visível os restos de algumas outras.

Diferentemente de Burano, aqui existe uma catedral, o Duomo dei Santi Maria e Donato. Também existe um farol, erguido ainda na época medieval, mas feito de madeira na época.

Pensar em Murano é pensar diretamente nos seus famosos vidros, que são vendidos não somente em Veneza, mas mundialmente. É possível visitar o Museu do Vidro e dentro das muitas fábricas, também dá para acompanhar a produção dos vidros!


A forma mais cômoda de chegar nessas ilhas é normalmente através de pacotes turísticos que normalmente fazem o roteiro Burano – Murano – Torcello. Se você quiser outra opção, seria pegar os vaporettos que saem regularmente e a viagem dura cerca de 30 – 40 minutos.

Vontade de visitar essas duas cidadezinhas nunca me faltou, mas sempre faltou tempo! rs

Fotos: Burano e Murano (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s