Piazza Vecchia, símbolo de Bergamo

Piazza Vecchia

Piazza Vecchia é o coração da città alta em Bergamo, sendo sua parte mais conhecida e frequentada.

Nesse local, concentram-se alguns dos principais pontos turísticos da cidade alta, como a fonte Contarini, o Palazzo della Ragione, o Campanone, o Palazzo Nuovo – sede da Biblioteca Angelo Mai – e na parte de trás, na Piazza del Duomo, ficam a Catedral de Sant’Alessandro, a Capela Colleoni, o batistério e a Basílica de Santa Maria Maggiore.

Ufa!

Sim, são muitos pontos interessantes em um único lugar. Então, para quem tem um único dia em Bergamo, aconselho a ir direto para a Piazza Vecchia e aproveitar ao máximo dos monumentos que ficam em torno dela.

Piazza Vecchia nasceu da demolição de casas e botegas medievais no século XV.

Na foto acima, podemos ver o Palazzo Nuovo que é a atual sede da Biblioteca Angelo Mai. Ele é chamado assim em contraposição ao Palazzo Vecchio ou Palazzo della Ragione. Originalmente, esse prédio deveria hospedar a sede da prefeitura. A biblioteca se transferiu para esse prédio em 1928 – antes, ficava no Palazzo della Ragione.

Palazzo della Ragione

Palazzo della Ragione

Durante séculos, a Piazza Vecchia foi o centro político da cidade. O Palazzo della Ragione foi construído no final do século XII, e é considerado um dos prédios de prefeitura mais antigos da Itália.

O prédio teve grande papel político durante a época da República da Veneza, quando se tornou a parte que administrava a justiça – por isso “prédio da razão”. Esse prédio foi danificado por um incêndio no século XVI, mas foi logo restaurado.

Fontana Contarini

Fontana Contarini

Fontana Contarini, bem famosa, foi pano de fundo de uma sessão de fotos no dia que eu a vi pela primeira vez. Ela recebe o nome de Alvise Contarini, chefe da República da Veneza, e foi cedida por ele à cidade depois. Ela passou por reformas que modificaram parcialmente suas características iniciais.

Ela chegou a ser desmontada no século XIX para dar lugar a um monumento para Giuseppe Garibaldi. Ela foi remontada no começo do século XX na posição original, enquanto o monumento passou para a cidade baixa.

Campanone

Campanone

Torre Cívica da cidade é conhecida como Campanone e foi construída entre os séculos XI e XII, utilizada como casa-torre pela família Suardi, uma das famílias mais poderosas da época.

Alguns séculos depois, ela foi comprada pela cidade, que colocou alguns sinos nela. Além de marcar o tempo, eles serviam também como toque de recolher em tempos de calamidade. Um desses sinos, o maior, foi rebatizado pelos habitantes de campanone (algo como, grande sino).

Esse sino tocava todas as noites às 10, com 100 toques para indicar o fechamento das quatro portas da cidade. Esse “ritual” se repete até hoje, em memória dos eventos passados, mas somente em datas especiais, como o dia 25 de agosto, véspera do dia de Sant’Alessandro, padroeiro da cidade.

Com seus 56 metros – inicialmente, eram 37 -, ela é a torre mais alta da cidade. Para visitá-la, o ingresso custa €3,00 – ela é fechada às segundas e algumas épocas do ano fecha durante o almoço em dias úteis.


A praça é lindinha! Imperdível para quem passa por Bergamo!

Este post foi programado, pois final de faculdade é sempre complicado, rs. Mas os posts não param! Espero voltar à normalidade em 1º de dezembro de 2016. Para não perder as postagens, acompanhe o blog no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram

Fotos: Piazza Vecchia por Una lucciola…

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s