Catedral de San Giovanni Battista

Duomo di Torino

Duomo (catedral) de Turim é dedicado ao Santo João Batista e é o principal lugar de culto na cidade, sendo também a arquidiocese de Turim.

Ele fica muito próximo do palácio e jardim reais, a poucos passos da Piazza Castello, totalmente inserido no centro histórico de Turim. É também a única igreja em estilo renascentista da capital do Piemonte.

O prédio foi um pedido dos Savoia, a família real, e do bispo Domenico della Rovere, e foi construído no final do século XV por Amedeo de Francisco, conhecido como Meo del Caprino. Durante o século XVI, ele foi ampliado para conservar a famosa Sacra Sindone, o Santo Sudário.

Nesse período, a Sacra Sindone teria sido trazida para Turim através da família Savoia.

Enquanto isso, Guarino Guarini, que já tinha trabalhado na igreja real de São Lourenço, ficou encarregado de construir a cúpula da catedral. O trabalho durou quase 30 anos, sendo feito no final do século XVII.

A capela da catedral, em planta circular, foi feita pelo menos arquiteto da cúpula, a pedido também de um Savoia, para conservar o Santo Sudário. No centro da capela, surge o altar, em estilo barroco. Atualmente, ela recebe o nome de Cappella della Sacra Sindone.

Onde provavelmente está a Sacra Sindone

Onde provavelmente está a Sacra Sindone

Apesar de ter sido construída para abrigar o Sudário, a capela está passando por restaurações atualmente. Tanto que o Sudário não fica dentro dela – e acredito que ninguém tenho acesso à essa capela no momento também.

Ele passou a ficar do lado esquerdo do altar principal.

Entre 11 e 12 de abril de 1997, houve um incêndio e tanto a fachada quanto a parte interna da catedral tiveram que ser restauradas em grande parte. O Santo Sudário foi salvo graças ao trabalho dos bombeiros.

Com isso, atualmente o Sudário é protegido por um vidro blindado, com gás inerte e protegida tanto da luz quanto de outros agentes atmosféricos (foto).

Na parte externa,  também é possível notar o campanário, que foi construído ainda antes da catedral em si, na metade do século XV, e não sofreu modificações no ampliamento do século XVI, mas ele foi modificado alguns anos depois, durante o reino de Vittorio Amedeo II.

No começo do século XVIII, foram feitas as modificações que formam o aspecto atual da construção.

O campanário foi reaberto para visitação em 2013 e faz parte do percurso de visita do Museu Diocesano. Dele, é possível ver o panorama da cidade de Turim a 43 metros de altura.

Os horários de funcionamento da catedral são:

De segunda a sábado, das 7:00 às 12:30, e das 15:00 às 19:00
Domingos: das 8:00 às 12:30, e das 15:00 às 19:00

Não se paga para visitar o Duomo de Turim.

Já o Campanário e o Museu Diocesano funcionam somente às terças e sextas, e aos sábados e domingos, das 10:00 às 18:00. Às terças, abre somente a partir das 14:00. Os ingressos custam:

Museu – €5,00
Campanário – €3,00
Combinado: €7,00

As entradas são gratuitas para quem possui o Torino+Piemonte Card. Para maiores informações, visite o site oficial do Museo Diocesano di Torino.

… … … … …

Não subi no campanário (ficará para a próxima visita a Turim), mas vale a pena dar uma passadinha rápida na catedral!

Fotos: Catedral de Turim por Una lucciola…

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s