Vamos falar sobre cannoli?

Cannoli siciliani

Cannoli siciliani

Posso estar sendo chata abordando esse tema, mas precisamos falar sobre Kevin cannoli! Por quê? Porque esse final de semana eu fui no “festival de cannoli” lá no Bixiga (falei sobre ele nesse post aqui).

Fui lá, toda animada, debaixo do calor de Senegal paulistano de 40ºC e a Moscatel, que é uma confeitaria, é uma graça e o atendimento é maravilhoso! Se você estiver passando pela Bixiga, é um ótimo lugar para uma pausa café!

Mas falar que o festival é de cannoli é forçar a amizade…

Festival do Cannoli por Una lucciola...

Festival de Cannoli…

Não existe nem placa em frente da confeitaria dizendo que está rolando o festival de cannoli ali dentro!

Experimentei o de baunilha e preciso dizer que, para minha decepção, tive a sensação de comer um creme de confeiteiro (aquele recheio de sonho) dentro de uma massa de pastel.

Não quero ser grossa ou muito dura, mas foi isso que eu senti.  Mi dispiace. Basta dar um google em cannoli siciliani e nem visualmente é parecido (clica aqui).

A primeira foto do post é do cannolo que eu comi em Turim no Mercato di Porta Palazzo, ele nem cabia na minha mão e não consigo explicar a sensação de comer esse negócio. Para resumir: eu sonho com esse cannolo. Não é zoeira.

Já sonhei – mais de uma vez – que estava em Turim com a minha mãe, indo embora, e fiquei desesperada, dizendo para ela, “nós temos que levar uns cannoli!!”

Sério.

Acho que também comentei no post sobre esse dia da viagem que fiquei meio retardada depois que comi esse cannolo: a felicidade era tanta que só faltava eu sair cumprimentando animais na rua, rs.

Então vamos falar sobre o que são cannoli.

Os cannoli sicilianos recebem um selo PAT, que significa produtos agroalimentares tradicionais italianos, já que é uma das especialidades da confeitaria italiana mais conhecidas do mundo.

Ele recebe esse nome porque originalmente para enrolar a massa eram usados pedaços de cana de açúcar, canne, em italiano. MAS existe uma outra lenda que conta que durante o carnaval existia uma brincadeira que fazia sair de uma torneira o creme de ricota ao invés de água.

Cannolo seria um termo em dialeto para torneira. E sabe-se que o doce teve origem no carnaval mesmo. Dizem que a receita original teria vindo dos árabes – o que é bem possível, pois a Sicília já foi habitada por eles.

É difícil falar em receita original de cannoli porque receitas se perdem e são modificadas o tempo todo, mas quando damos um google em cannoli siciliani ricetta originale, o resultado é meio que unânime: farinha, banha de porco, açúcar, cacau, marsala, ovo e ricota de cabra para o recheio.

Atualmente, algumas receitas levam ricota de vaca. Na própria Itália, dizem que é difícil achar um cannolo siciliano PAT fora da Sicília exatamente por conta da ricota, que nem sempre é de origem siciliana.

A massa em formato de tubo, os italianos chamam de cialda, algo como waffle, e normalmente um cannolo siciliano tem entre 15 a 20 centímetros. Originalmente, recheado com ricota de cabra e frutas cristalizadas, hoje em dia, é comum encontrar cannoli com gotas de chocolate e pistache.

… … … … …

Fiquei decepcionada: sim.

Não estou querendo algo idêntico ao que eu comi na Itália, mas algo próximo. Porque como disse no post com a receita de cannoli, um dos ingredientes essenciais para fazer cannoli, a ricota, não chega aos pés do que encontramos na Itália.

E isso vai dar uma diferença cruel no resultado final, infelizmente.

A nossa ricota não vai ficar lisa e cremosa como a italiana. Por conta disso, muita gente prefere usar creme de ricota para fazer o recheio. Só que eu também não quero comer creme de confeiteiro vendido como cannoli.

Também me lembrei que quando estava comprando os caninhos para fritar cannoli, uma mulher me parou e perguntou se eu ia fazer cannoli. Disse que sim. E ela me perguntou: “é massa de pastel, né?”

Depois de experimentar cannoli aqui, entendi porquê.

Disse para minha amiga (beijos, Morena!) – depois de ter falado milhões de vezes que cannoli era uma das coisas mais maravilhosas da VIDA -, que me acompanhou nessa cilada, Bino!, que o meu tinha ficado melhor. E ficou mesmo!

Continuo, então, minha busca por um bom cannolo aqui em SP!

Fotos: Cannoli siciliani por Una lucciola…

Anúncios

12 comentários sobre “Vamos falar sobre cannoli?

  1. Natália Pessini disse:

    Nossa…realmente, vai ser difícil encontrar um cannolo bom no Brasil. Mas estou doida pra experimentar os que tem na feira do bexiga de domingo. Não sei se é do mesmo lugar que você foi…
    Já vi muitos iguais aos enroladinhos de doce de leite na minha cidade, mas com creme de confeiteiro dentro. O pior é que chamam de cannoli!! e ficam engando o povo brasileiro que nunca foi na Itália…

    Curtir

  2. walter malizia disse:

    Caras Amigas, Boa Tarde!
    Quando quiserem degustar bons cannoli, estando em Buenos Aires (mais perto que Torino…), não deixem de ir à tradicional confeitaria “Progreso” (com um “s” só), na Av.Santa Fé, em Palermo Alto.
    Saluti !
    Walter Malizia

    Curtir

  3. Dario PesquisaItaliana disse:

    Como siciliano nascido e crescido sou muito desconfiado sobre comer italiano fora da Itália, imagina comer siciliano.
    Sou muito chato com comida (especialmente da minha terra) e preciso dizer que o único cannolo “decente” que comi em SP foi no restaurante Taormina.
    Claro, nada a ver com aqueles daqui, mas vai, para ser em SP, tava bastante bom.

    Dica de Siciliano :)

    Curtir

  4. Pedro Queirós disse:

    De volta de mais umas férias na Sicília e já com saudades de um bom cannolo. Coisa deliciosa. Bem, o ano passado tentei fazer e correu mal. Usei ricota de uma marca importada e acho que foi o problema. Para além de não ter o vinho Marsala. Numa próxima vou usar o nosso ricota que aqui chamamos de requeijao. Temos um muito bom que é o da Serra da Estrela. Esses queijos creme são uma bosta.

    Curtir

    • Isabela disse:

      De fato, Pedro, a qualidade da nossa ricota é inferior.
      Talvez em algum empório, que vende coisas importadas, seja possível encontrar uma ricota italiana.
      Abraços!

      Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s