Exposição Grandes Mestres: eu fui!

Exposição Grandes Mestres por Una lucciola...

Comentei sobre a Exposição Grandes Mestres – Leonardo, Michelangelo e Rafael nesse post aqui. Cheguei a agendar horário para março, mas acabei não indo por motivos de: preguiça.

Acabei perdendo o prazo, mas tinha um grande feeling de que eles iam prorrogar o prazo. Dito e feito, a exposição fica até 08 de maio de 2016. Aproveitei o feriadão para dar uma conferida.

Achei super prático eles oferecerem uma van que sai da Estação da Luz (em frente a Pinacoteca, no espaço para fretados) e em menos de 10 minutos, você está no Espaço Cultural Porto Seguro.

O espaço é novo, mas confesso que não achei muito bem pensado.

Primeiro ponto. A visitação é com agendamento de horário. Cheguei às 13:45 e só entrei depois das 14:30. Os monitores não explicam que existe uma fila, então as pessoas apenas chegam e se acomodam em qualquer lugar.

Dois grupos passaram na minha frente, inclusive gente que tinha chegado depois. Achei péssimo. E detalhe: tinha outro horário para entrar as 14:30.

Outra coisa que eles também não explicam: os 20 primeiros têm direito a uma visita guiada pelas obras que dura 1:30. Se você tiver interesse, já sabe: chegue cedo e fique bem perto da placa com o horário.

Digo que a exposição não foi muito bem distribuída porque entramos pela frente, em uma sala pequena. Então entram grupos de 20/30 pessoas por vez a cada 15/20 minutos. Se eles tivessem feito o percurso começando pelo subsolo, a maior parte da exposição, mais pessoas conseguiriam entrar por vez.

Para mim, seria mais prático fazer o percurso inverso do que eles propõem.

Enfim, logo na entrada, a réplica em tamanho real do Davi de Michelangelo, que ficou no único espaço que ela cabia. O início da exposição mesmo, é na sala atrás dele, com uma linha do tempo de Leonardo, Michelangelo e Rafael, além de uma curta introdução sobre eles.

*Porque Davi nunca é demais! rs*

Do térreo, você parte para o 1º andar para ver uma única obra: a réplica da Pietà de Michelangelo. Nesse andar, você também consegue ver mais de perto a cabeça do Davi. Achei bem legal, já que na Accademia não temos essa oportunidade.

As réplicas são bem feitas e dá para ter uma noção boa das obras originais. Claro, nada equivale à emoção de ver o original “ao vivo”.

Réplica da Pietà de Michelangelo

Réplica da Pietà de Michelangelo

Do 1º andar, você desce até o subsolo, onde fica a maior sala da exposição. Na sequência, você tem as réplicas da Escola de Atenas do Rafael, a cúpula de Michelangelo, a Capela Sistina, a Última Ceia de Leonardo e obras do Leonardo, incluindo o Homem Vitruviano.

A parte dos afrescos são reproduções que ocupam paredes. Tive a impressão de a Escola de Atenas e a Última Ceia serem próximas dos tamanhos originais, mas não sei, sou péssima com noção de espaço, rs.

O teto da Capela Sistina e o afresco do Juízo Final estão em tamanhos reduzidos, mas ainda assim, dá para observar muitos detalhes. Acabei de ler um livro sobre a Capela Sistina, então foi interessante poder reparar em alguns detalhes (já que você pode até tocar nas telas).

Na cúpula projetada por Michelangelo, você ainda pode tentar montar um arco (é difícil!). No mesmo espaço, ainda tem algumas das invenções do Leonardo para você interagir.

Na parte dedicada a Leonardo, existem algumas armas que ele modelou e muitos desenhos de anatomia (muito legal). Você também pode fazer o Homem Vitruviano e tirar uma fotinho com braços e pernas abertos! rs

Sala com as invenções de Leonardo

Sala com as invenções de Leonardo

O que eu achei muito legal é que o Espaço Cultural oferece educadores. São pessoas que ou fazem a visita guiada ou ficam nos espaços para te explicar. Pude acompanhar uma parte da visita guiada e achei bem interessante.

Percebi que os educadores são simpáticos e atenciosos.

A exposição vale bastante a pena, especialmente porque essas são obras que provavelmente nunca deixarão seus locais originais porque ou fazem parte da arquitetura ou são muito valiosas (não vejo o Davi deixando a Accademia ou a Pietà deixando o Vaticano).

Sem contar que é de graça, minha gente! Em tempos de crise, é sempre bom poder apreciar um pouco de arte sem ter que encostar no bolso! rs

A única coisa que achei negativa: só tem uma obra de Rafael. Esse artista por si não é muito conhecido pelas pessoas, principalmente quando comparado a Michelangelo e da Vinci. A exposição seria uma boa oportunidade para apresentar mais obras dele!

No mais, tutto a posto!

A exposição vai até dia 08 de maio de 2016 e funciona de terça a domingo, das 10:00 às 18:00 (domingos e feriados até às 17:00). Para agendar horário, basta visitar o site da Ingresso Rápido. Para mais informações, visite o site oficial.

Fotos: Exposição Grandes Mestres por Una lucciola…

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s