Cannoli siciliani

Cannoli sicilianos por Una lucciola...

“Leave the gun. Take the cannoli!” (Clemenza, O Poderoso Chefão)

Enquanto o Brasil inteiro estava fazendo o discurso: “pela minha mãe, pelos meus filhos, pelo meu neto, pela família brasileira, eu voto SIM! E um beijo para Xuxa!”, eu estava: “por uma vida com mais cannoli, eu voto SIM!”

Cannoli siciliani, os cannoli sicilianos ou mais ou menos isso, rs.

Mais ou menos porque fazer cannoli verdadeiramente sicilianos é quase impossível. Primeiramente, a receita original vai marsala, que aqui normalmente adaptamos para vinho branco. Depois, tem a banha de porco. O terceiro ponto, e para mim o principal, é a ricota: a nossa não tem comparação com a siciliana, feita de leite de cabra.

Inclusive os italianos dizem que é difícil fazer cannoli sicilianos fora da Sicília exatamente por conta da qualidade da ricota de cabra, que dificilmente é encontrada fora da ilha. Imagine se temos algo próximo disso por aqui…

E você pode achar que é frescura, mas vai por mim: faz toda a diferença no sabor e na textura do recheio.

Então de forma resumida, a gente faz uma adaptação com o que temos para hoje. Pega os cilindros de alumínio, um bom óleo para fritar e a melhor ricota que encontrar e VEM COMIGO! rs

Ingredientes

Massa:

  • 150 g de farinha (1 xícara)
  • 50 g de açúcar (1/4 de xícara)
  • 25 g de banha de porco/manteiga
  • 10 g de cacau em pó*
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de vinho branco/marsala

Recheio:

  • 300 g de ricota
  • 100 g de açúcar de confeiteiro (1/2 xícara)
  • 1 colher de chá de essência de baunilha

Decoração:

  • Laranja cristalizada ou cereja em caldas
  • Açúcar de confeiteiro

Modo de preparo

Massa:

Misture todos os ingredientes com a mão até criar uma massa uniforme e lisa. O cacau em pó é opcional (por isso o asterisco), normalmente, ele é usado para deixar a cor da massa marrom.

O vinho branco ou marsala é usado para criar as bolhas. Então, as minhas ficaram sem bolhas. Não sei se pode ser que o cacau tenha impedido. As massas que eu vi que não iam cacau, formavam com bolhas.

Com a massa lisa, enrole em filme plástico e deixe descansar na geladeira por pelo menos meia hora. O ideal é de um dia para outro. Eu deixei por volta de quatro horas e meia. Ela estava bem elástica.

Tente abrir a massa o mais fino possível. Se você tiver aqueles abridores de massa, melhor. Eu percebi que a massa que abri mais fina, ficou bem melhor – fica mais crocante e não corre o risco de inflar.

Para cortar, use um copo ou cortador redondo menor que o comprimento do seu cilindro de alumínio – para ter espaço para você puxar o cannolo depois. Dica: use o cortador apenas para marcar e corte com uma faca, assim sua massa não sela e infla ao fritar.

A temperatura ideal do óleo é por volta de 170ºC. Não coloque muitos de uma vez porque isso abaixará a temperatura. Deixei o cannolo resfriar, mas não tanto, para retirar o cilindro (pode ser até que ele solte sozinho).

Deixe a massa esfriar totalmente antes de rechear.

Recheio:

Passa a ricota em uma peneira para deixá-la mais cremosa. Procure por uma ricota cremosa, isso também ajudará. Depois, misture o açúcar e bata bem para tentar deixar o recheio o mais cremoso possível.

Coloque o creme em um saco de confeitar, corte a ponte e recheie os canudos: primeiro uma metade, depois a outra. Enfeite com laranja cristalizada ou cereja em calda.

… … … … …

Para uma primeira vez, não achei que ficou ruim, mas também não ficou perfeito. Acho que quantidade de cacau foi muita, da próxima vez quero colocar menos e um pouco mais de açúcar. Faltou açúcar também no recheio.

Achei que a ricota ficou levíssima, mas lembram que eu falei da textura, né? Mesmo passando na peneira, ela ficou com uma textura estranha, nada lisa.

Tente abrir a massa bem fina, acho que isso fará toda a diferença. Você pode usar tanto água quanto ovo batido para juntar a massa no cilindro. Cuidado apenas para não sujar o cilindro, do contrário, o cannolo pode ficar grudado depois de frito.

Recheie somente na hora de comer, e a quantidade que for comer, senão, eles ficarão murchos, porque a massa vai absorver a umidade do recheio.

Você também pode decorar com pistache triturado. Os recheios atuais também levam gotas de chocolate.

Existem milhares de receitas diferentes de cannoli, é difícil saber qual é a original ou a mais próxima dela. Essa receita, retirei de um site sobre a Sicília (em italiano).

Essa quantidade rendeu 10 cannoli. Se eu tivesse aberto a massa mais fina, talvez uns 15. Vai depender muito da espessura da massa e do diâmetro que você fizer.

Buon appetito!

Foto: Cannoli sicilianos por Una lucciola…

Anúncios

Um comentário sobre “Cannoli siciliani

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s