Castello di Vezio

Castello di Vezio em Varenna

O Castello di Vezio foi um dos passeios que ficou para trás quando eu percorri o lago de Como no final do ano passado por dois motivos: tempo e fôlego (já falei que ele fica quase perto do céu? rs).

Grande parte do castelo fica em Varenna, mas uma pequena parte fica na fração Vezio da cidade de Perledo. Essa fração é habitada por umas 20 famílias que mantiveram as características antigas.

A construção do castelo começa durante o período romano. Primeiramente, como uma fortificação que facilitava o controle de vias pelo lago e também para a proteção da cidade, porém pouco se conhece sobre a história por trás desse castelo.

Existe uma lenda que diz que a rainha dos Longobardos, Teodolinda, passando seus últimos anos em Perledo, mandou construir a igreja de San Martino com o campanário em forma de torre e o castelo de Vezio com o oratório de Santo Antônio para mostrar sua fé cristã.

Em 1891, surgiram algumas tumbas dessa época e depois na década de 1950, quando a família Greppi, atual proprietária, resolveu reconstruir o castelo, foram encontrados alguns elmos e algumas espadas da época.

A reconstrução serviu para mostrar as características medievais do castelo e saber que ele foi destruído – e mais de uma vez, sendo uma delas por armas bélicas.

O que se sabe é que o local é antigo, tanto que Vezio vem do latim pagus vetus que significa “velho, antigo ou pré existente”.

Além das estruturas do castelo, ele ainda apresenta jardins em volta dele, alguns com flores, outros com oliveiras, e tem uma belíssima vista para o lago de Como e para o centro histórico de Varenna (clique aqui e veja mais fotos).

Lembram da lenda de que Teodolinda teria mandado construir o castelo?

Então, apesar de ela ter morrido em Monza, dizem que seu coração e sua alma ficaram dentro das muralhas do castelo. A lenda diz que nas noites sem lua, seu espírito vaga pelos corredores do castelo. Os gestores do local levam a história a sério e a chamam fazendo fantasmas de gesso e papel machê, assim:

Fantasma do Castello di Vezio

Motivo 3 de eu não visitar o castelo: medo de dar de cara com isso, rs.

A cidade de Perledo, que foi uma das últimas moradias da rainha e contém parte do castelo, significa “per l’Eden“, ou seja, para o Éden, o que leva a crença popular dizer que ela já se preparava para ir para ‘o lado de lá’.

Medos a parte, hoje o castelo ganha destaque por outro motivo (ainda bem. Mas os fantasmas de gesso continuam espalhados pelo castelo na primavera): o show de falcoaria.

A falcoaria foi introduzida na Europa durante a época Medieval e o castelo de Vezio hospeda um centro de tratamento e adestramento de aves de rapina, permitindo ao público de conhecer, apreciar e manter essa arte tão antiga.

As fases de adestramento acontecem nos jardins do castelo, assim, os visitantes podem fotografar e ver de perto algumas espécies. Os adestradores também dão outras informações sobre a história e a utilização moderna da falcoaria.

Falcoaria no Castelo de Vezio

As demonstrações de voo acontecem todos os dias com exceção de segunda e sexta, e dependendo das condições meteorológicas. Os horários variam entre 14:30 e 15:30 (verifique no site antes de fazer sua programação). Se você for em grupo, é possível agendar.

Para chegar até o castelo é meio complicado. Traduzindo as orientações do site oficial seria mais ou menos esse o trajeto:

Saindo da estação, pegar à esquerda. Perto de um orelhão, tem uma escada que levará até uma estrada. Terminada a escada, pegar à direita, indo paralelo ao rio. Chegando à ponte, à direita estará o Bar Beretta (não existem outros durante o caminho). Atravesse a ponte (pegando à esquerda em relação à estrada da qual você veio) e siga até o Hotel Ristorante Monte Codeno.

À esquerda, ficará o caminho para subir até o castelo, uma subida bastante ingrime, mas curta. Em menos de 15 minutos chega-se ao castelo. Passando o banheiro, siga as indicações que farão você pegar a direita e logo depois à direita novamente. Nessa rua, fica a loja Le Ceramiche di Vezio. Ir até o fim para chegar até a Piazza Sant’Antonio Abate e ao cemitério. Ao fundo, tem uma cancela verde, abra-a e suba até chegar à entrada do Castello di Vezio.

A caminhada dura cerca de meia hora.

Os ingressos para o castelo custam €4,00 e o castelo fica aberto entre início de março até o final de outubro todos os dias, das 10:00 às 17:00 (no verão normalmente com horário prolongado). Ele também pode estar fechado em caso de mau tempo.

O Castello di Vezio é considerado uma das “seis estrelas do Lario”, que são as estruturas turísticas e culturais consideradas as mais importantes e acessíveis do Alto Lario.

Ele sem dúvida ficará para o meu retorno a Varenna (com ou sem fantasmas, rs)!

Fotos: Castello di Vezio (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s