La Borsa di Una Donna

Dia Internacional das Mulheres hoje e escolhi mais uma vez a Noemi para esse dia com a música La Borsa Di Una Donna, que ela presentou em Sanremo desse ano. Não achei que era a música ideal para o Festival.

Ainda assim, achei uma das letras mais interessantes entre as apresentadas. Noemi ainda conseguiu ficar em 8º lugar entre os Campioni, obtendo uma boa porcentagem dos votos da Giuria Demoscopica[1].

Então eu vos deixo com esse clipe lindo gravado entre as maravilhosas ruas de Roma e essa música com a qual talvez algumas mulheres se identifiquem:

La borsa di una donna pesa come se ci fosse la sua vita dentro
A bolsa de uma mulher pesa como se sua vida estivesse lá dentro
Tra un libro che non vuole mai finire ed altri trucchi per fermare il tempo
Entre um livro que ela não quer nunca terminar e outros truques[2] para parar o tempo
C’è la sua foto di un anno fa che ha messo via perché non si piaceva
Tem sua foto de um ano atrás que ela deixou de lado porque não a agradava
Ma a riguardarla adesso si accorge che era bella ma non lo capiva
Mas olhando-a de novo agora, ela percebe que estava bonita, mas não entendia

La borsa di una donna riconosce le sue mani e solo lei può entrare
A bolsa de uma mulher reconhece suas mãos e somente ela pode entrar
Nascosto in una tasca c’è quel viaggio che è una vita che vorrebbe fare
Escondida em um bolso tem aquela viagem que faz uma vida que ela gostaria de fazer
Milioni di scontrini, l’inutile anestetico del suo dolore
Milhões de recibos, o inútil anestético da sua dor
E stupidi sensi di colpa per quel desiderio di piacere
E sentimentos de culpa estúpidos por aquela vontade de prazer

E se ci trovasse quei giorni
E se ali encontrasse aqueles dias
Di carezze fra i capelli
De carinhos entre os cabelos
Lei per due minuti soli
Ela por apenas dois minutos
Pagherebbe mille anni
Pagaria por mil anos
Anni spesi per ritrovare
Anos gastos para reencontrar
Le cose che qualcuno è riuscito a smarrire
As coisas que alguém conseguiu perder
La voglia di sorridere, di perdonare
A vontade de sorrir, de perdoar
La debolezza di essere ancora
A fraqueza de ser ainda
Come la vogliono gli altri
Como os outros a querem

La borsa di una donna non si intona quasi mai con quel che sta vivendo
A bolsa de uma mulher quase nunca está em sintonia com o que ela está vivendo
Nasconde il suo telefono gelosa di qualcuno che la sta chiamando
Esconde seu telefone com ciúmes de alguém que está ligando
Vicino alle sue chiavi, la solita ossessione di scordarle ancora
Perto de suas chaves, a mesma obsessão de esquecê-las de novo
E in quel disordine apparente, la paura di restare sola
E naquela bagunça aparente, o medo de ficar sozinha

La borsa di una donna che può rivelare i suoi segreti in un momento
A bolsa de uma mulher que pode revelar os seus segredos em um momento
E forse nella tua distrattamente la sua vita c’è rimasta dentro
E talvez na tua, distraidamente, a vida dela ficou dentro
Tu che pensavi che ci fosse rimasto un po’ di spazio per un altro amore
Você que pensava que tinha sobrado um pouco de espaço para um outro amor
Invece nella borsa di una donna non c’è posto per dimenticare, dimenticare
Ao invés disso, na bolsa de uma mulher não tem lugar para esquecer, esquecer

E vai dove ti porta il cuore, sì
E vai onde o coração te leva, sim
Un ritaglio dentro la patente
Um retalho dentro da carteira de motorista
Ci sei stata mille volte ma
Você já esteve ali mil vezes, mas
Non ci hai mai trovato niente
Não encontrou nada ali
Niente che ti aiuti a capire
Nada que te ajude a compreender
Il senso di una sera che non sa meravigliare
O sentido de uma noite que ela não sabe maravilhar
Il senso del tuo ricordare e progettare
O sentido do teu recordar e projetar
Scordandoti di vivere adesso
Esquecendo-te de viver agora
Adesso che si alza un vento che spazza le nuvole
Agora que se levanta um vento que limpa as nuvens
E che si porta via gli inverni
E que leva embora os invernos
La polvere, i dubbi e i miracoli
O pó, as dúvidas e os milagres
Aspettati mille anni
Esperados por mil anos
Anni spesi per ritrovare
Anos gastos para reencontrar
Le cose che qualcuno è riuscito a smarrire
As coisas que alguém conseguiu perder
La voglia di sorridere, di perdonare
A vontade de sorrir, de perdoar
La debolezza di essere ancora
A fraqueza de ser ainda
Come ti vogliono gli altri
Como te querem os outros

La borsa di una donna pesa come se ci fosse la mia vita dentro
A bolsa de uma mulher pesa como se minha vida estivesse lá dentro

Às mulheres, que o 8 de março seja todos os dias! :)


[1]Giura Demoscopica de Sanremo é formada por cidadãos italianos, normalmente entre 18 e 35 anos, de norte a sul do país. Não são pessoas especialistas em música.

[2] Aqui, acredito que seja um jogo de palavras: trucco significa tanto truque quanto maquiagem, esta última comumente encontrada dentro da bolsa de uma mulher.

Vídeo: La Borsa di Una Donna de Noemi

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s