Bella Toscana

Bella Toscana por Una lucciola...

Frances Mayes ficou famosa em 1996 quando seu livro Sob O Sol da Toscana foi lançado nos EUA. Sete anos depois, uma adaptação do livro foi lançada no cinema e foi outro grande sucesso.

Bella Toscana foi lançado em 1999 e de acordo com a contra capa do livro, quando Frances escreveu a última linha de Sob O Sol da Toscana, ela já se preparava para escrever esse, “um relato lírico e muito pessoal da sua vida no pequeno povoado de Cortona”.

Estão aqui o aroma das hortaliças frescas, a surpresa de descobrir um novo sabor, a vibração de reformar uma casa antiga e fazê-la ganhar vida. Pelos olhos de Frances Mayes, a Itália é um país pulsante em cores e sensações, que consegue equilibrar grande arte, boa gastronomia e um ritmo de vida que permite desfrutar os pequenos prazeres do dia a dia, ocultos na correria da vida moderna.

Eu li primeiro esse livro por recomendação porque era muito bom. Bella Toscana basicamente retrata a reforma de Bramasole, casarão comprado por Frances e Ed, seu marido. O fato de não ter lido o primeiro não atrapalhou e foi possível compreender a história assim mesmo.

Confesso que fiquei um pouco receosa para ler os livros da Frances depois de ter gostado tanto dos livros da Marlena de Blasi e é…

Não diria que é um livro ruim, mas também não é maravilhoso. É simplesmente um livro que não me tocou. Sabe aquele filme sessão da tarde? A leitura foi mais ou menos isso para mim.

Claro que me refiro exclusivamente a esse livro, pois ainda não li Sob O Sol da Toscana, mas a impressão é de que Mayes juntou uma coletânea de crônicas que ao serem colocadas lado a lado ficaram até meio desconexas.

Cheguei inclusive a ler um comentário que dizia que seria melhor ela ter lançado cada história aos poucos, em alguma coluna de jornal. E eu concordo.

Existem muitas quebras ao longo da leitura, por vários momentos senti que do nada ela parava um episódio e começava outro (e às vezes no mesmo capítulo), e eu ficava sem entender o porquê de elas estarem ali.

Existem alguns bons momentos, para mim, todos eles no fim do livro. Talvez o fato do casal dividir residência entre os EUA e a Itália seja um ponto negativo: quando estão nos EUA, querem trazer a Itália e vice versa.

Para mim, foi como ler sobre a Itália aos olhos de um turista deslumbrado e não de uma pessoa que vive e respira a vida ali. Existem muitos detalhes sobre obras de arte, monumentos históricos, que podem ser encontrados em guias. Eu quero os detalhes que não posso encontrar em lugar algum a não ser vivendo lá.

Outra coisa que eu tinha receio e infelizmente encontrei foi uma característica que eu particularmente não gosto em americanos: focar o consumo. Foi um tal de “comprei isso ali. Comprei aquilo lá. Ah, ali tem coisas lindas. Que lindos potes de barro, quero três”.

Fora a sensação de ostentação em alguns momentos. Tudo que eles viveram – como turistas – é acessível a maior parte dos turistas? Fica a dúvida.

Se Sob O Sol da Toscana tem um grande trunfo em relação a Bella Toscana talvez seja: no primeiro, ela quis reformar uma vida; no segundo, uma casa que tem tudo para eventualmente se tornar um lar, mas ainda não é.

Por fim, sei que os tempos eram outros e a economia americana comandava na década de 1990, mas quem está podendo reformar um enorme terreno toscano e ainda mudar e reformar outra casa nos EUA só porque quer levar um pouco da Itália para o dia a dia americano?

Vi mais do American way of life do que Italian way of life. Nas entrelinhas, claro!

O livro ainda nos apresenta muito sobre a região da Toscana, a leitura é relativamente fácil e agradável em alguns momentos, mas senti falta da imersão, do olhar que vai além do deslumbrado. Bom, com um coração que fica dividido entre dois lugares, fica difícil mesmo.

Claro que essas forma as minhas impressões e não necessariamente são/serão as suas. Cada livro, como as artes no geral, toca uma pessoa de formas diferentes. Só lendo para saber. E eu ainda tenho esperança em Sob O Sol da Toscana! :)

Foto: Bella Toscana por Una lucciola…

Anúncios

Um comentário sobre “Bella Toscana

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s