Italiano online

Vivit

Vamos falar de coisa boa, vamos falar de italiano online, rs.

Comecemos com o VIVIT, o portal de italiano do mundo, que funciona como um local para armazenar materiais e instrumentos voltados aos italianos no exterior, em especial os de segundo e terceira geração.

Eles querem ser um banco de dados sobre o idioma e a cultura italiana, tornando-se ponto de referimento para quem deseja manter um contato cultural à distância com o país.

Através desse portal, a pessoa tem acesso a material didático, que foca nos principais pontos da língua italiana, da história, das variantes e da ligação com os fenômenos históricos e artísticos. E também serve para o italiano contemporâneo, através de materiais de rádio e televisão.

A ideia é ótima e o acesso é gratuito. O foco do projeto são os italianos, mas nada que a gente não possa aproveitar também ;)

Dire, Fare, Partire

Se o primeiro link é focado nos italianos, o segundo serve para brasileiros.

O projeto Dire, Fare, Partire é uma iniciativa da Universidade de São Paulo (USP), da faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

A ideia é que o material sirva para que os alunos entrem em contato com a língua italiana. Ele foi elaborado pelo programa de pós-graduação em Língua, Literatura e Cultura Italianas e da área didática em Língua e Literatura Italiana em parceria com a parte de TI e mídias digitais da USP.

Ele não é um curso à distância, não existe inscrição, tutores, avaliação, certificados nem nada. Você só precisa acessar o conteúdo.

Atualmente, existem 16 aulas divididas em duas partes cada: uma apresenta uma série com dificuldades enfrentadas por brasileiros; a segunda parte, é uma entrevista com um convidado que foca nos aspectos linguísticos e culturais.

O material também serve de apoio para professores brasileiros de italiano.

… … … … …

Hoje em dia com a internet, redes sociais, aplicativos e tudo mais, ficou bem mais fácil aprender qualquer coisa.

Na área de idiomas então, as possibilidades são quase infinitivas – principalmente para o inglês, mas mesmo outras línguas possuem locais bacanas onde podemos estudar. Eu mesma diria que aprendi 70% do que sei sozinha (queria ter a mesma motivação para o alemão e o francês, rs).

Bora deixar a preguiça de lado ;)

Foto: VIVIT e Dire, Fare, Partire (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s