Pisa não é a única…

Esse post ia ser sobre as outras duas torres inclinadas da cidade Pisa – sim, outros dois campanários inclinados além daquele, o mais famoso da Itália, na Piazza dei Miracoli.

Ao fazer uma busca por fotos, qual não foi minha surpresa em saber que a Itália tem outros campanários inclinados e que a cidade de Pisa não é a campeã de torres inclinadas, mas Venezia, com quatro espalhadas pela ilha principal ou ilhas vizinhas.

Campanário de Santa Maria Assunta, PisaComeçamos com o mais famoso – e nem é o com maior inclinação. Sua construção começou em 1173. Ela começou a inclinar já no começo dos obras por conta de sua fundação pobre. Sua construção teve duas pausas, mas provavelmente sem elas, a Torre teria cedido.

Campanário de San Nicola, PisaA torre octogonal é a segunda mais famosa da cidade de Pisa, mas ela é levemente inclinada – 2,5º. A base da torre se encontra atualmente abaixo do nível da rua. Acredita-se que sua construção tenha se iniciado no mesmo ano que a Torre mais famosa.

Campanário de San Michele degli Scalzi, PisaA torre quadrangular da igreja San Michele degli Scalzi (com esse nome por conta dos monges, ligados à igreja, que andavam descalços) é a mais inclinada da cidade de Pisa com 5º por conta do solo altamente instável da região, a Vialle delle Piagge.

Torres Asinelli e Garisenda, BolognaAs torres símbolo da cidade de Bologna levam os nomes das famílias que provavelmente as construíram: Asinelli (a mais alta) e Garisenda (a mais baixa). Acredita-se que a Asinelli era muito mais alta e a Garisenda foi reduzida 60 metros para os atuais 48 por conta de um terremoto, que a tornou de risco. A Asinelli é a torre inclinada mais alta da Itália.

Campanário de San Martino, Burano, VenezaPor conta de sua inclinação, o campanário da igreja se tornou o símbolo da ilha de Burano. A estrutura já começou a ceder logo na fase de construção. Ele foi projetado por Andrea Tirali, construído entre 1703 e 1714 e tem 53 metros.

Campanário de San Giorgio Dei Greci, VenezaExiste pouca informação sobre esse campanário, mesmo ele se encontrando no centro da cidade, muito próximo da Ponte dei Sospiri. Ligado a uma igreja grega ortodoxa, foi construído por Bernardo Ongarin entre 1587 e 1592, baseado no projeto de Simone Sorella. Sua inclinação começou já na construção.

Campanário de Santo Stefano, VenezaEsse campanário fica no bairro de San Marco e é o mais alto da cidade com 66 metros. Acredita-se que ele esteja em pé por um milagre, já que sua inclinação do topo em relação a base é de quase dois metros. Se hoje ele está de pé é graças ao Don Paganuzzi, que fez de tudo para que a torre não caísse (como aconteceu com o campanário de San Marco). Sua base é reforçada e a torre é monitorada constantemente, embora as chances de cair sejam baixas. O campanário fica ao lado da igreja San Maurizio, talvez um caso único em Venezia.

Campanário de San Pietro di Castello, VenezaÉ o menos inclinado de todos em Venezia. Sua construção começou em 1463. Em 1482, ele foi reconstruído e elevado um pouco também por conta de danos causados por um relâmpago. Durante a Primeira Guerra, a cúpula do campanário foi atingida duas vezes por bombas incendiárias que danificaram sua lanterna.

Campanário de Santo Stefano, CaorleEsse campanário se diferencia dos outros tanto pelo seu formato quanto pela sua idade. Suas obras terminaram em 1070 e com 42 metros, ele é o único campanário do mundo de formato cilíndrico de cúspide cônica. Por motivos desconhecidos, começou a se inclinar depois de 1920. Atualmente, tem inclinação de 1,4º.

Torre delle Milizie, RomaTambém conhecida como a Torre di Nerone (a torre de Nero) ou até mesmo Torre Pendente fica atrás dos Mercati di Traiano (próximos ao Coliseu). É a torre mais antiga de Roma. O nome provavelmente vem do quartel militar que existia nas proximidades. O terceiro e último piso teve que ser derrubado no século XIV por conta de um terremoto, que deixou a torre vizinha, a Torre dei Conti, praticamente em ruínas. Desde 1927, faz parte do complexo Mercati di Traiano.

… … … … …

Após escrever esse post, a única declaração que eu tenho a fazer é: uma passagem só de ida, por favor. Obrigada! rs.

Foto: As torres inclinadas da Itália (Reprodução)

Anúncios

4 comentários sobre “Pisa não é a única…

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s