A sopa do Brunelleschi

A cúpula de Brunelleschi por Una lucciola...

A famosa cúpula de Brunelleschi é um clássico. Exatamente porque o Duomo (catedral) de Firenze demorou a ser terminado por causa dela: ninguém consegui fazê-la.

Como Pisa havia feito sua Piazza dei Miracoli, Firenze decidiu fazer uma catedral de dar inveja a todos, queriam que ela fosse uma das maravilhas do mundo. Para realizar o projeto, chamaram o arquiteto mais ilustre da época: Arnolfo di Cambio. Ele começou o projeto, mas jamais mencionou como faria a cúpula que havia projetado.

O Duomo foi feito, mas a cúpula, ninguém conseguiu fazer. A prefeitura resolveu lançar um concurso para decidir quem deveria construi-la.

Ganharam o concurso dois arquitetos e escultores: Ghiberti e Brunelleschi.

Ninguém confiava muito em Brunelleschi porque o consideravam um pouco louco: era a primeira vez que alguém dizia que podia levantar uma cúpula dessa grandeza sem andaimes.

O serviço foi passado para Ghiberti, que dava mais garantias de conseguir terminar a obra. Mas entre ele e Brunelleschi as coisas não andavam bem, eles brigavam muito.

Brunelleschi, com muitos ciúmes de suas ideias para terminar a cúpula, para testar os métodos, ele fazia pequenos tijolos com pedaços de nabo: assim que terminava os estudos, ele fazia uma sopa com os pedaços e ninguém o copiava.

E foi assim que ele descobriu uma forma de levantar a cúpula sem precisar de andaimes, o que ficará para um post futuro, rs.

Imaginaram a cena?

Foto: A cúpula de Brunelleschi por Una lucciola…

Anúncios

Um comentário sobre “A sopa do Brunelleschi

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.