A Itália de Jamie

A Itália de Jamie por Una lucciola...

“Existe uma diversidade de estilos de vida, culinária, tradições e dialetos. E é por isso que, como chef, eu acho esse país tão sedutor. E sabe o que mais? Eu deveria ser italiano. A verdade é que, quando estou na Itália, me sinto um italiano”.

É com essas palavras na contracapa que Jamie Oliver me cativou, rs. Depois, abri o livro e: prazer, eu sou Isabela e eu compro livro pelas fotos que tem dentro dele.

Eu ainda não o li, apenas folheei. Muito menos testei alguma de suas inúmeras receitas, mas comer com os olhos, quem nunca? Que atire a primeira pedra quem nunca teve vontade de fazer uma receita – mesmo não gostando de todos os seus ingredientes – só de olhar uma foto.

E isso resume basicamente como foi a compra do meu primeiro livro de receitas. Cozinha e eu: não trabalhamos! rs

Acho que alguma coisa do livro tem a possibilidade de ser testada na semana que vem. Enquanto não posso dar uma de Julie Powell e sair testando receitas, eu li a introdução e posso dizer que Jamie resumiu muito bem o que é a Itália, sua culinária e porque provoca paixão nas pessoas.

O livro foi escrito em 2005 e nesses quase 10 anos muita coisa mudou no país, mas acho que a essência da introdução do livro continua a mesma. Jamie fala da Itália unificada a pouco mais de 150 anos e a influência disso na diversidade cultural e gastronômica do país, mas mais que isso, como italiano ama comida e falar sobre ela.

A dica de ouro deixada por Jamie (se você quiser conhecer a verdadeira Itália): fuja dos lugares turísticos. “Se você fala algumas frases básicas em italiano, tem entusiasmo por comida, põe um sorriso no rosto e uma piscadela no olho, certamente será bem recebido pelos italianos”.

Confesso que não sou muito ousada com comida (e amo/sou um junk food, rs), mas sempre que eu vejo livro de receitas e/ou assisto filmes sobre, eu morro de vontade de sair cozinhando e provando tudo! Fora que quando eu cozinho, eu me sinto na obrigação de pelo menos provar o que eu fiz, rs.

A grande dificuldade nas receitas de Jamie e nas italianas em geral, é encontrar os ingredientes certos. No livro, Jamie ressalta o tempo todo produtos “de qualidade/colhidos na hora”, etc, e isso ou é muito difícil de encontrar aqui no Brasil ou custa muito, muito caro. E alguns, mesmo sendo caros, não chegam a ter a mesma qualidade dos produtos italianos.

Jamie ressalta também que a qualidade dos produtos usados pelos italianos provavelmente é um dos motivos de eles serem um dos povos que mais vivem (atrás somente dos japoneses e islandeses).

Será que agora eu desencanto na cozinha? Hahaha… Oremos!

Foto: A Itália de Jamie (Reprodução)

Anúncios

7 comentários sobre “A Itália de Jamie

    • Isabela disse:

      Sério, bella?

      Eu o conhecia, mas não tinha visto nenhum livro dele. Torça para que eu consiga realizar pelo menos uma de suas receitas!

      Baci e buon fine settimana ;)

      Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.