Diário de viagem

Diário de viagem por Una lucciola...

Vocês fazem diário de viagem/bordo?

Eu acredito que toda vez que viajamos para lugares, é interessante manter um registro escrito de suas impressões, diariamente. Até porque, acreditem, a gente esquece de muita coisa. E coisas que a gente acha que não vai esquecer nunca, mas esquece!

Quando fui a primeira vez, não levei comigo nenhum caderno e acabei fazendo o meu registro no computador mesmo. Foi muito útil depois para eu passar algumas dicas para uma amiga que foi depois de mim (de coisas e lugares que eu tinha esquecido o nome) e para, de alguma forma, reviver meus momentos.

Esse diário de viagem na foto, foi presente de um amigo muito querido (beijos, Rafa!), que acertou em cheio. Mal sabia eu que um pouco mais de um mês depois, eu embarcaria para Londres e Paris.

O legal desses cadernos específicos é que eles têm espaço para tudo: dicas de compras, restaurantes, controle de gastos, espaço para você deixar seu e-mail/telefone, destacar e dar para alguém que conheceu na viagem, anotar sua lista de presentes, além da parte voltada para o diário em si.

Se você der um “google” em diários de viagem, vai achar uns customizados lindos de viver, rs – e o preço faz jus a isso também, rs.

Não quer gastar? Vai no caderno normal mesmo ou se você for levar o computador/tablet junto, vai com ele também. O mais importante, para mim, é não deixar de fazer esse registro.

Por quê?

Porque é a oportunidade que temos de matar as saudades daquele momento, daquela viagem ou até mesmo daquela pessoa que te contou uma história legal e que você já não lembrava mais os detalhes (e que, com sorte, estarão anotados no seu diário).

É como podemos voltar no tempo e observarmos o quanto mudamos (ou não) nossa forma de pensar sobre um local – ainda mais se você voltar nele – pode ser que da primeira vez você tenha amado para vida aquela cidade, aquele café, e quando volte, perceba que nem era tudo isso (o contrário também acontece, acreditem!). Ou até mesmo (esse é triste), você voltar e não ter mais aquele canto seu todo especial porque tem a crise, porque a civilização chegou até ali…

Também é uma forma de observamos o quanto nós mudamos (ou não também, rs). Às vezes, a gente lê o que escreveu há alguns anos e pensa, “meu Deus, eu era tão babaca assim?” – especialmente quando você surta na viagem por um motivo X – mais tarde, você percebe que nem era um bicho de sete cabeças para você ter se desgastado tanto e que talvez, tenha até deixado de curtir alguma coisa por conta disso…

Portanto, se você não tem o hábito de fazer diários de viagem, da próxima vez, incorpore o Amyr Klink (rs) e solte todo esse seu talento para a escrita ;)

É muito bom!

Foto: Diário de viagem por Una lucciola…

Anúncios

2 comentários sobre “Diário de viagem

  1. Thais disse:

    Ciao bella!
    Gostei do “incorpore o Amyr Klink”, rsrsrs. Seja para a escrita quanto para o espírito de aventura.
    Adorei o post sobre diário de viagem. Gostaria de cultivar este hábito de conseguir registrar uma viagem, os lugares e momentos especiais. Com crianças pequenas, viajar sem esquecer o indispensável já é uma conquista! Lembrar de levar o diário e parar para anotar as coisas será tarefa para daqui algumas décadas, rsrsrs!
    baci bella!

    Curtir

    • Isabela disse:

      Ciao, bella!
      É muito bom fazer esse registro, mas imagino sua dificuldade com duas crianças ao lado! Vida de mãe é sempre agitada! rsrsrs
      Mas quando puder, faça! ;)
      Baci e buona settimana!

      Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s