Roteiro: Florença em 3 dias!

Florença em 3 dias por Una lucciola...Depois do roteiro maluco de 1 dia, rs, vamos a algo mais realista, que seria fazer Firenze em 3 dias (ainda teremos um roteiro de 5 dias para essa cidade). Com 3 dias, você consegue aproveitar bem a cidade, mas ainda assim será corrido, já aviso.

Fica a seu critério comprar o Firenze Card ou não porque eu o acho particularmente muito caro. Dois anos atrás, custava €50,00 para 72 horas (e eu tenho a leve impressão de que aumentou para €72 – ui!). O lado bom é que você não pegará fila para praticamente nada, tem acesso a 60 museus de graça (a lista aumentou e estou me remoendo por alguns lugares que dá para entrar agora, rs) e ainda poderá usufruir do sistema de transporte e wi-fi sem pagar nada.

Mas vamos ao que interessa!

Dia 1: Accademia, San Lorenzo, Cappelle Medicee e Complexo Duomo

MANHÃ

Comece o dia admirando um dos maiores símbolos de Firenze e do Renascimento, o Davi de Michelangelo na Galleria dell’Accademia. Lembrando que o museu abre às 8:15 (e fica fechado às segundas). É importante chegar cedo, principalmente se você não estiver com o ingresso em mãos. Reserve um tempo para visitar as outras áreas do museu também, que tem outras obras de arte interessantes.

Ainda no período da manhã, siga para o Mercato di San Lorenzo, que fica próximo à Galleria dell’Accademia. Cuidado para não esquecer do tempo nas barraquinhas, rs. Se for o caso, é preferível entrar nas Capelas Medicee antes das compras porque elas fecham sagradamente às 13:50 todos os dias. Na verdade, elas têm um horário de abertura diferenciado: fechadas nos 2º e 4º domingo, 1ª, 3ª e 5ª segunda do mês. Fique atento no seu planejamento – e vale muito a pena visitar essas capelas magníficas!

Se estiver no clima, entre na Basilica di San Lorenzo, que também é muito bonita. Ande pelo mercado, muito famoso, e se achar um lugar que te agrade, almoce por lá mesmo.

TARDE/NOITE

Feita a pausa pranzo, hora de seguir em frente para fazer o Complexo Duomo. Se você estiver com o Firenze Card, terá acesso a tudo de graça: a famosa cúpula de Brunelleschi, o batistério de San Giovanni, o campanário de Giotto e ao museu do Duomo.

Entre na Catedral, observe o interno dela e sua fantástica cúpula com o belo afresco de Vasari. Se você não for claustrofóbico, segura o fôlego e suba os mais de 430 degraus até seu topo. Uma vista incrível de Firenze te aguarda, a mais espetacular porque você consegue ver tudo a 360º. Vale muito a pena. E sério, se você tiver o mínimo que seja de medo de lugares fechados, não recomendo essa subida.

Visite o batistério lindíssimo e se ainda estiver no pique, visite o campanário de Giotto, famosíssimo.

Por fim, feche o dia com uma visita ao Museo dell’Opera del Duomo, onde se encontra a versão original das Portas do Paraíso de Ghiberti (as que estão no bastitério são réplicas, que substituíram as originais depois da inundação de 1966). É onde também se encontra uma das Pietà de Michelangelo, a Bandini.

Dia 2: Piazza della Signoria, Palazzo Vecchio, Galleria degli Uffizi

MANHÃ

Vá caminhando até a Galleria degli Uffizi, como eu disse no roteiro de 1 dia, é sempre bom começar os lugares mais badalados logo cedo. Nesse caso, os Uffizi também abrem às 8:15, então acho bom estar lá desde o momento da abertura – ainda mais se não tiver ingresso em mãos.

Reserva a manhã toda para o museu (sério). Eu não sei quantas salas ao todo existem nos Uffizi, só sei que são muitas. O museu é um U, então contei pelo menos 50 salas. E fora que tem informação para tudo quanto é canto que você olhar: tetos, chão, estátuas no meio do caminho – tudo isso antes de entrar nas salas principais, com as obras “de verdade”. Acho que nem três horas são suficientes para olhar, com atenção, tudo que esse museu tem.

TARDE/NOITE

É um ótimo momento para uma pausa para almoço. A Piazza della Signoria está cheia de bons lugares para comer. Se não quiser pagar muito caro, recomendo se afastar um pouco do lugar, onde normalmente os restaurantes têm preços mais amigos. A foto acima é dos restaurantes bem em frente ao Palazzo Vecchio.

Depois de tanta informação nos Uffizi, recomendo uma hora de pausa, pelo menos. Se você acha que não vai aguentar andar pelo Palazzo Vecchio, então recomendo pular essa atividade e simplesmente dar uma volta pelo centro histórico: vá para a Ponte Vecchio (na frente dos Uffizi), depois ande pelo Mercato Nuovo, anda pela Piazza della Reppublica… etc.

Agora, se você ainda tiver fôlego, visite o Palazzo Vecchio. Ele é incrível por dentro, com seus salões enormes e tetos lindamente pintados. O salão mais famoso é o dos Quinhentos, que tem pinturas de Leonardo da Vinci e Michelangelo.

Além disso, eu não sabia, mas é possível subir na Torre (morri!). Li no site do Firenze Card que são 223 degraus e 95 metros de altura. Também não recomendada para quem é claustrofóbico. Ela abre todos os dias, e durante o horário de verão, fica aberta até às 21hs. Deve ser interessante ver a cidade dali.

A Piazza della Signoria em si, onde fica o Palazzo Vecchio, é literalmente um museu a céu aberto. Tome um café em um dos tantos bares por ali e admire toda a arte que envolve essa praça. Vale a pena!

Dia 3: Oltrarno

MANHÃ

Oltrarno é a região de Firenze que fica além do rio Arno.

Comece o dia cedo (novamente), com uma caminhada passando pela Ponte Vecchio. De lá, basta seguir reto até o Palazzo Pitti. Separe toda manhã para esse passeio (e talvez até um pouco mais).

Dentro do Palazzo Pitti (incluindo o Giardino di Boboli), existem uns seis museus: a galeria de apartamentos, a de arte moderna, a de roupas,  o museu de prata, o de porcelana e o de Boboli. Fora tudo isso, os jardins são enormes (dê uma olhada no Google Maps). Ande como se não houvesse amanhã (e depois prepare as pernas para a subida, rs) e depois entre no Palazzo. Ambos abrem às 8:15; os jardins abrem todos os dias, mas os museus são fechados às segundas.

Saindo de lá, faça uma pausa para almoço enquanto segue sentido a Cappella Brancacci, que fica na igreja Santa Maria del Carmine.

TARDE/NOITE

Depois do almoço, siga em direção a igreja Santa Maria del Carmine. Fica a menos de 1km, apenas 8 minutos de caminhada. Dentro dessa igreja, encontra-se a famosa Cappella Brancacci, considerada a Sistina do começo do Renascimento. Mundialmente conhecida, ela conta a história de São Pedro.

De lá, engula o cansaço e siga a pé até o Piazzale Michelangelo (ou pegue o ônibus 12, de acordo com o Google Maps). É meia hora de caminhada para pouco mais de 2km, o que é nada em Firenze! rs

Se ainda for cedo (antes das 17hs) e você estiver com muito, muito pique, suba até a igreja de San Miniato. No mais, curta o fim da tarde e o anoitecer no Piazzale com sua vista magnífica de Firenze. Como eu disse no roteiro de 1 dia, não tenha medo de pagar carão se quiser fazer um piquenique.

… … … … …

UFA! Parece que fizemos o mundo em três dias, mas vou falar: ainda ficou muita coisa de fora (e coisas importantes!). Haja fôlego! rs

E olha, se o Firenze Card estiver mesmo custando 72 absurdos euros, ele deveria valer, no mínimo, por cinco dias porque nem nos nossos sonhos mais distantes, conseguiríamos fazer tudo o que ele dá direito em 72 horas.

Foto: Piazza della Signoria por Una lucciola…

Anúncios

13 comentários sobre “Roteiro: Florença em 3 dias!

  1. Thais disse:

    Nossa! Uma vida em três dias! O mais difícil de tudo, para mim, seria decidir o quê deixar de fora… dormir já foi excluído!
    Ótimas dicas, bella!
    Baci e buona settimana!

    Curtir

  2. Leticia disse:

    Olá!! ótimos posts, estou adorando! Vamos chegar em Florença em um domingo a tarde, que dá para fazer alguma coisinha ainda… Mas, o que fazer na segunda-feira já que a maioria dos locais não abre para visitação nesse dia?
    Vamos para Roma na terça a noite, para aproveitar bem o dia em Florença. É tranquilo Florença Roma por trem? Tem que comprar com muita antecedência ou podemos comprar no domingo assim que chegarmos na estação de trem em Florença?
    Obrigada! Abçs

    Curtir

    • Isabela disse:

      Olá, Letícia!

      No post de 1 dia em Florença tem opção do que fazer: https://unalucciola.com/2014/02/27/roteiro-florenca-em-1-dia/, com exceção da primeira parte da manhã que é ou na Accademia ou nos Uffizi, dá para fazer tranquilamente todo o resto na segunda, já que os lugares são abertos. Na terça, vocês podem deixar para fazer os museus. O ideal na segunda é conhecer Florença a pé.
      Vocês podem comprar a passagem quando chegarem, não precisa de antecedência. É bem tranquila a viagem.

      Bom passeio pra vcs! :)
      Abraços

      Curtir

    • Leticia disse:

      Oi Isabela! Obrigada pelas dicas! Estava vendo agora sobre os trens, no site da Trenitalia e vi que os bilhetes já estão a venda para dia 10 de Janeiro de 2016 pelo valor de 34 Euros. Será que se deixarmos para comprar um dia antes o valor aumenta muito? Obrigada!

      Curtir

    • Isabela disse:

      Pela experiência que eu tive com a Trenitalia, não. O valor da passagem não aumenta por conta da proximidade ou demanda. Em todo caso, se você quiser se garantir, compre. Uma coisa a menos para pensar, rsrs.

      Abraços!

      Curtir

    • Leticia disse:

      ai, ai, ai… O único problema é pagar agora com o cartão de crédito! Com esse cambio louco e o IOF. Mas se vc diz que não altera o valor acho que vou arriscar e comprar quando estiver em Veneza mesmo! Obrigada de coração pelas dicas! Bjs :)

      Curtir

    • Isabela disse:

      Pois é… e o preço do euro? De chorar…
      Olha, nunca paguei a mais por comprar na hora. Só se vcs derem o azar de mudarem a política até lá, mas acho difícil!

      Espero que aproveitem a viagem!
      Abraços!

      Curtir

  3. Maira disse:

    Oi….obrigada pelas dicas da compra de passagem do trem, Isabela e Leticia, pois eu já estava pensando em comprar antes de ir, e será nessa época de janeiro de 2016….mas esse câmbio…rsrsrs…também vou arriscar e deixar pra depois.
    Abraços.

    Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s