Fango

Para um domingo de sol, muito calor e nada de umidade, eu poderia muito bem falar sobre a música Piove de Jovanotti, rs. Mas hoje, uma música que está na minha cabeça há algumas semanas (para não dizer meses).

Fango é um canção do disco de 2008 de Jovanotti, Safari, e é dedicada ao irmão mais velho de Jova que morreu em acidente aéreo em 2007. Eu acho essa música linda.

Io lo so che non sono solo
Eu sei que não estou sozinho
Anche quando sono solo
Mesmo quando estou sozinho
Io lo so che non sono solo
Eu sei que não estou sozinho
Io lo so che non sono solo
Eu sei que não estou sozinho
Anche quando sono solo
Mesmo quando estou sozinho

Sotto un cielo di stelle e di satelliti
Debaixo de um céu de estrelas e satélites
Tra i colpevoli, le vittime e i superstiti
Entre os culpados, as vítimas e os sobreviventes
Un cane abbaia alla luna
Um cão late para a lua
Un uomo guarda la sua mano
Um homem observa sua mão
Sembra quella di suo padre
Parece com a de seu pai
Quando da bambino
Quando ele era pequeno

Lo prendeva come niente e lo sollevava su
Ela o prendia como nada e o jogava para cima
Era bello il panorama visto dall’alto
Era lindo o panorâmico visto de cima
Si gettava sulle cose prima del pensiero
Se jogava pelas coisas antes de pensar
La sua mano era piccina ma afferrava il mondo intero
A sua mão era pequenina, mas agarrava o mundo inteiro

Ora la città è un film straniero senza sottotitoli
Agora a cidade é um filme estrangeiro sem legendas
Le scale da salire sono scivoli, scivoli, scivoli
As escadas para subir são escorregadias, escorregadias, escorregadias
Il ghiaccio sulle cose
O gelo sob as coisas
La tele dice che le strade son pericolose
A TV diz que as estradas são perigosas

Ma l’unico pericolo che sento veramente
Mas o único perigo que eu sinto de verdade
È quello di non riuscire più a sentire niente
É aquele de não conseguiu mais sentir nada
Il profumo dei fiori, l’odore della città
O perfume das flores, o cheiro da cidade
Il suono dei motorini, il sapore della pizza
O som das motos, o sabor da pizza

Le lacrime di una mamma, le idee di uno studente
As lágrimas de uma mãe, as ideias de um aluno
Gli incroci possibili in una piazza
Os cruzamentos possíveis em uma praça
Di stare con le antenne alzate verso il cielo
De ficar com as antenas levantadas para o céu
Io lo so che non sono solo
Eu sei que não estou sozinho

Io lo so che non sono solo
Eu sei que não estou sozinho
Anche quando sono solo
Mesmo quando estou sozinho
Io lo so che non sono solo
Eu sei que não estou sozinho
E rido e piango e mi fondo con il cielo e con il fango
E rio e choro, e me misturo com o céu e com a lama

La città un film straniero senza sottotitoli
A cidade é um filme estrangeiro sem legendas
Una pentola che cuoce pezzi di dialoghi
Uma panela que cozinha pedaços de diálogos
Come stai, quanto costa, che ore sono
Como está, quanto custa, que horas são
Che succede, che si dice, chi ci crede
O que acontece, o que dizem, em quem acreditar
E allora ci si vede
E então, nos vemos

Ci si sente soli dalla parte del bersaglio
Se sente sozinho como parte de um alvo
E diventi un appestato quando fai uno sbaglio
E se torna um infectado quando comete um erro
Un cartello di sei metri dice tutto è intorno a te
Um cartaz de seis metros diz que tudo está a sua volta
Ma ti guardi intorno e invece non c’è niente
Mas você olha em volta e, ao invés disso, não existe nada

Un mondo vecchio che sta insieme solo grazie a quelli che
Um mundo velho que fica junto somente graças àqueles que
Hanno ancora il coraggio di innamorarsi
Ainda têm coragem de se apaixonar
E una musica che pompa sangue nelle vene
E uma música que bomba sangue nas veias
E che venire voglia di svegliarsi e di alzarsi
E que faz ter vontade de acordar e se levantar
Smettere di lamentarsi
Parar de se lamentar

Che l’unico pericolo che senti veramente
Que o único perigo que você sente de verdade
È quello di non riuscire più a sentire niente
É aquele de não conseguir mais sentir nada
Di non riuscire più a sentire niente
De não conseguir mais sentir nada

Il battito di un cuore dentro al petto
A batida de um coração dentro do peito
La passione che fa crescere un progetto
A paixão que faz crescer um projeto
L’appetito, la sete, l’evoluzione in atto
O apetite, a sede, a evolução em andamento
L’energia che si scatena in un contatto
A energia que se liberta com um contato

Essa música foi escrita há quase seis anos, mas eu a acho tão atual. Por exemplo, a parte do cartaz de seis metros. Estamos todos tão envolvidos com a tecnologia e achamos que estamos em contato com tudo, quando, ao meu ver, a gente se afasta cada vez mais das relações pessoais porque estamos muito ocupados mandando mensagens pelo Whatsapp ou checando o Facebook.

E o único perigo que eu sinto de verdade é exatamente esse: o de não conseguir mais valorizar as coisas mais simples da vida. E vocês, qual o perigo que vocês sentem?

Foto: Fango, Jovanotti (Reprodução)

Anúncios

2 comentários sobre “Fango

  1. gugaiarsa disse:

    Oi Isabela, também adoro essa música, a escutei muito logo que cheguei na Itália, primeiro porque a letra é realmente linda, além disso tinha muito a ver com um momento pessoal que minha esposa e eu estávamos passando. Meu único comentário sobre a sua tradução seria que acho que cabe melhor traduzir scivoli como escorregadio ao invés de inclinado.

    Curtir

    • Isabela disse:

      Olá!
      Sim, acho essa música muito linda!
      Então, eu achei que era mesmo escorregadio, mas quando fui confirmar no dicionário, todas as opções eram parecidas com inclinado/inclinação, então achei que era coisa da minha cabeça!
      Mas obrigada pela correção!
      Abçs!

      Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s