A cidade que é a Firenze do sul

Basilica di Santa Croce em Lecce

Eu não sei se rio ou se choro fazendo esse post. Meu coração está muito affranto (despedaçado) porque estou morrendo de vontade de voltar para a Itália, mas não tenho condiçõe$$ (rs) e Lecce foi uma cidade que encheu meus olhos assim que li as primeiras coisas sobre ela. Olha que linda a fachada da Basilica di Santa Croce.

Lecce é uma comuna italiana capital da província de mesmo nome. Ela faz parte da província mais oriental da Itália, bem no fim do “salto” da bota.

Essa parte da bota é conhecida como a região de Salento, e toda província de Lecce e mais uma parte da Puglia faz parte dela.

Lecce é o maior centro cultural dessa região, o que torna o turismo cultural seu principal setor da economia, seguido da indústria, agricultura e artesanato. Uma cidade de arte, ela também é conhecida como a “Firenze do sul” ou a “Firenze do Barroco”, de origens messápias antiquíssimas e com os restos arqueológicos romanos que se mesclam com a riqueza e exuberância do Barroco.

O desenvolvimento arquitetônico das fachadas se deu particularmente na época do Reino de Nápoles e caracterizou a cidade de forma tão original que o termo barocco leccese se originou a partir disso.

O estilo barroco de Lecce se difundiu no século XVII, durante a dominação espanhola, para substituir a arte clássica e dar lugar à imaginação e fantasia. A pedra usada também é típica da região e se chama pietra leccese, um calcário compacto, com um tom dourado.

Várias dominações estrangeiras deixaram seu marco na história da cidade, e a religião não escapou disso. Pela cidade, estão espalhadas inúmeras igrejas e basílicas. A Santa Croce (foto) é a que melhor exemplifica o barocco leccese. Além das igrejas, também é grande a quantidade de conventos.

Entre as arquiteturas militares, estão o Castello di Lecce, feito por Carlo V para prevenir as invasões turcas, e as portas da cidade velha, juntamente com as duas torres. Outros dois monumentos chamam a atenção dos turistas, o anfiteatro e o teatro romanos. Os dois datam da época de Augusto e estão parcialmente conservados.

Uma cidade linda. Por favor, alguém me leve para lá agora… :'( – lembrando que um dos meus filmes italianos preferidos se passa nessa cidade, estou falando de O Primeiro Que Disse.

Fotos: Lecce (Reprodução)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s