L’alluvione del 1966

L'alluvione del 1966 a Firenze

L’alluvione del 1996.

A inundação que tomou conta da cidade de Firenze em 4 de novembro de 1966 é considerada um dos eventos mais marcantes da cidade depois da II Guerra Mundial. Também é considerada uma das piores inundações na Itália, que causou danos não só em Firenze, mas na região da Toscana.

O grande foco foi o centro histórico de Firenze por conta das obras de artes que foram danificadas com o evento, mas toda a região sofreu, inclusive toda a cidade de Grosseto.

A altura da água chegou a ultrapassar os cinco metros em alguns locais. O número de vítimas foi de 34, sendo 17 somente em Firenze.

Na Biblioteca Nazionale Centrale, vários manuscritos raros foram cobertos de lama. Na Basilica di Santa Croce, a obra Crocifisso de Cimabue, apesar dos restauros feitos depois, foi perdida em 80%. A própria Porta del Paradiso do Battistero di Firenze foi levada pela inundação (recuperada mais tarde. Atualmente, ela se encontra no Museo dell’Opera del Duomo). No Uffizi, várias obras foram danificadas e até hoje, muitas delas não conseguiram ser completamente restauradas.

Jovens voluntários foram até Firenze para ajudar a população a se recuperar da tragédia e a salvar obras de arte, pinturas, estátuas, livros antigos, patrimônios da humanidade, que se não fosse a ajuda deles, teriam sido perdidos para sempre.

Esses jovens ficaram conhecidos como angeli del fango (anjos da lama) e foi a primeira manifestação espontânea de jovens no século XX. Uma mesma mobilização aconteceu nas inundações em Vicenza e Genova,  em 1970, 2010 e 2011.

A UNESCO e o arquivo histórico da Comune di Firenze organizaram uma mostra fotográfica com mais de 100 fotos inéditas coloridas de Joe Blaustein (professor universitário da Califórnia) da alluvione di Firenze del 1966, impressas em formato 50×50. As fotos ficarão expostas na Sala storica della Biblioteca delle Oblate por todo o mês de dezembro.

Para quem mora em Firenze ou passará pela cidade nesse tempo, vale a pena conferir, embora as fotos choquem bastante. Eu tinha visto uma placa que indica a altura que chegou a água, próximo da Ponte Vecchio, mas ainda assim, fiquei surpreendida com as fotos.

Espero que isso não aconteça de novo. Muito triste pensar em todas aquelas obras de arte únicas sendo perdidas para sempre…

Foto: L’alluvione del 1966 di Firenze (Reprodução)

Anúncios

3 comentários sobre “L’alluvione del 1966

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s