Acomodação em Firenze

Acomodação em Firenze por Una lucciola...

Talvez, para quem esteja pensando em fazer um intercâmbio, a acomodação pode ser uma dúvida e esse post poderá ajudar a ter uma noção de como funciona.

No momento que você resolve estudar fora, você também tem que escolher que tipo de acomodação você irá querer e, normalmente, as opções são: hotel (ou albergue), casa de família (o famoso ‘homestay‘) ou apartamento compartilhado.

Hotel normalmente é a opção mais cara e o albergue pode ser uma alternativa muito econômica. Eu tive dois alunos que fizeram intercâmbio para o Canadá e EUA e ficaram um mês em albergue.

As agências normalmente aconselham o homestay porque o contato com uma família local poderá ajudar você a desenvolver o idioma, além de aprender sobre a cultura.

Outra opção é o apartamento compartilhado, normalmente com outros alunos da mesma escola.

Hotel estava descartado por mim por ser muito caro. Sobraram homestay e o apartamento compartilhado (que você ainda pode optar por quarto compartilhado ou individual, o mesmo serve para homestay).

Realmente, morar com uma família te aproxima da cultura e faz com que você pratique mais o idioma, o que pode não acontecer no apartamento, e normalmente você tem o café da manhã e outra refeição inclusa (almoço ou janta).

Mas eu tive receio de pegar uma família meio chata. Claro que depende muito da sua sorte, mas ouvi muita gente reclamando das famílias, que costumam regular comida, tempo e quantidade de banho, entre outras coisas. Mas como eu disse, depende da sua sorte.

Como não quis contar com a sorte e já tinha morado em república na época da faculdade, achei a opção de apartamento compartilhado com quarto individual melhor.

Na época, paguei €400 pelo mês. Hoje provavelmente deve estar uns €500 para mais. O dinheiro foi pago diretamente para o proprietário (landlord) em dinheiro na chegada. Eles normalmente dão um prazo de 2 a 3 dias para o pagamento.

Eu dei muita sorte porque o apartamento era no número 8 e a escola no número 4. Uma belezinha, rs! Abaixo algumas fotos:

Meu quarto era uma graça com a mobília toda branca e uma vista para as montanhas, mas o tempo foi nublado praticamente todos os dias. Por ser colado com o Duomo, também era acordada pelos sinos todos os dias, rs. E por se encontrar no centro, a sirene da ambulância era algo bem frequente! rs

O banheiro era pequeno e o box como a grande maioria dos hotéis, B&B’s e casas na Itália: esse cubículo, rs. O chuveiro é engraçado porque na verdade, ele não é chuveiro. Ele é esse chuveirinho maior que você pode usar solto ou colocá-lo lá no alto para que seja um chuveiro. O nosso não ficava parado… era meio incômodo para lavar a cabeça.

A manutenção da casa era feita apenas uma vez por mês, pelo proprietário. Na cozinha, que não tirei foto, todos os ‘equipamentos’ necessários e também tinha uma máquina de lavar e em outra parte da casa, um lugar onde estender roupa.

Eu dividi o apartamento com mais duas meninas, uma japonesa e uma americana. A japonesa era meio folgada (usava nossas coisas… rs), e como ela já estava lá quando cheguei, ela não fez muita questão de socializar. A americana chegou junto comigo e nos tornamos amigas.

Não me arrependo e se fosse fazer intercâmbio de novo, provavelmente optaria por apartamento compartilhado ou (se estiver rhyca, rs) alugaria um apartamento – essa pode ser uma opção também, acho que é mais em conta do que hotel.

Ah sim, caso você não goste da sua acomodação, é possível entrar em contato com a escola para que eles te troquem de lugar. Os dois tipos de acomodação (homestay e apartamento) são normalmente uma parceria com a escola e ela tem obrigação de manter locais adequados como parceiros.

Agora um causo, rs.

Clica para ver maior

Clica para ver maior

A primeira coisa que fiz quando cheguei em Firenze, depois de ligar para casa, claro, foi ir a um mercado. Comprei coisas para um lanchinho à tarde e o café da manhã do dia seguinte: leite, achocolatado, pão, frios, etc.

Peguei esse pão da foto, cheguei em casa e comi. Na primeira mordida, achei meio duro, mas comi. Quando terminei, eu me liguei: “pronto em 9 minutos” bem GRANDÃO na embalagem (foto) – ele era apenas pré-cozido, rsrs #alocka!

E para ligar o forno? Nem o dono sabia e acho que só descobrimos na última semana (e sinceramente, agora nem me lembro).

Portanto, na lição de hoje aprendemos que: sempre olhe bem a embalagem antes de comer seu pão! rs

E espero que o post ajude os que estão com dúvidas!

Fotos: Acomodação em Firenze por Una lucciola…

Anúncios

2 comentários sobre “Acomodação em Firenze

  1. Thais Helena disse:

    Ciao bella!
    Come stai?
    Hai ragione, prima di mangiare ci vuole leggere tutto tutto.
    Il tuo racconto mi è piaciuto. Magari ce ne avrò anch’io.
    Pian piano, bella!
    Complimenti per il tuo post.
    Baci, baci.

    Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s