È rosso!

Abbey Road Beatles

Definitivamente, a vida na Itália não é uma capa do Abbey Road dos Beatles, rs.

Nem sonhe em parar para foto e fazer “alocka” na Itália, achando que basta colocar o pé na faixa que os carros irão magicamente parar ou pacientemente esperar para você atravessar, rs.

Como tradição, normalmente países europeus pregam o respeito pelo pedestre cruzando a faixa, mas se a Itália é o Brasil da Europa, você já pode imaginar o que te aguarda, rs.

Recentemente no Brasil, os faróis de pedestre estão sendo trocados por aqueles que ficam verde pouco tempo e no vermelho piscante por um período mais longo.

Na Itália também funciona assim.

Eu particularmente odeio porque se você chega no ‘meio’ nunca sabe se o farol acabou de ficar vermelho ou se já está quase abrindo o farol para os carros. Resumindo, eu me sinto perdida.

Em uma dessas, estava caminhando tranquilamente por Firenze quando cheguei ao farol e pensei: ‘bem, deve dar tempo, o vermelho fica piscando uma eternidade’.

Só que não, rs.

Logo o farol abriu e eu estava no meio da travessia. O motoqueiro não pensou duas vezes, passou correndo do meu lado e gritou: “ma è rosso!!

“Está vermelho!”

Pois é.

Não preciso nem comentar a reação de um alemão e um austríaco quando passaram pela mesma situação. Eles ficaram indignados por dias. DIAS! Acharam um absurdo, uma falta de educação sem igual!

E sendo bem sincera, as únicas duas cidades que eu vi os carros parando para o pedestre foram Roma e Pisa. Só.

Esse vídeo aqui foi postado ano passado, mas vale a pena ver para compreender algumas das tantas diferenças entre a Itália e a Europa.

Portanto, nada de fazer ‘alocka‘ na Itália. Todo cuidado é pouco, rs.

Foto: Abbey Road, Beatles (Reprodução)

Anúncios

2 comentários sobre “È rosso!

  1. Thais Helena disse:

    Ciao bella!
    Pois é… falta de educação e respeito no trânsito não é privilégio só de brasileiros.Mas quando estive em Brasília lá eles tem um sinal de que o pedestre vai atravessar na faixa e tem que parar o carro, mesmo que não tenha um semáforo. E funciona! Claro que eles tiveram que aplicar tolerância zero nas multas, mas o resultado foi o aprendizado por parte dos motoristas e dos pedestres também. Aqui no Brasil só se consegue respeito ao próximo se dói no bolso… quase sempre.

    Baci, baci e buona settimana a te!

    Curtir

    • Isabela disse:

      Ciao, bella!
      Já tinha ouvido falar de Brasília! Eles tentaram ‘forçar’ isso em SP, melhorou com as multas, mas ainda assim, é ruim. E vale lembrar que os pedestres também têm que respeitar o farol e a faixa.
      Mas eu concordo, aqui no Brasil, só quando mexe no bolso!!
      Bacione e buona settimana!

      Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s