A caminhada noturna

Rio Arno à noite por Una lucciola...

Esses dias, estava me lembrando de uma cena durante meu intercâmbio que eu tenho nitidamente na minha memória: a noite do dia 2 de novembro de 2010.

No fim de semana, tinha ido a Verona para o jogo e na segunda, dia 1º, era feriado na Itália (Ognissanti), no qual fui a Padova, onde conheci a Tati.

Nas duas cidades andei muito. Em Verona, andei facilmente mais de 6 kms, tanto sábado quanto domingo. Em Padova, andamos embaixo de chuva o tempo todo e por mais de 6 kms – minha bota já estava até encharcando com água.

Resumo: eu estava um caco, minhas pernas doíam mais que tudo (sedentarismo mandou abraços, rs).

No dia seguinte, pude ver pela TV que os trilhos de Padova tinham sido alagados (provavelmente, peguei um dos últimos trens que passaram por lá) e era feriado no Brasil (Finados).

Como estava muito cansada, resolvi tirar o dia de folga e ficar na escola/casa. Aproveitei para conversar com minha família via MSN (sim, ele ainda existia na época, rs).

Eu me lembro do meu irmão me perguntando: “e aí, onde você vai hoje?” E eu dizendo que não ia a lugar algum porque estava muito cansada.

Desliguei e voltei para casa.

E é essa cena que é muito clara na minha cabeça: cheguei em casa, abri a porta do meu quarto e olhei para minha cama, sem acender a luz. Joguei minha bolsa, peguei minha máquina e minha mochila e #partiu, rs.

Estava decidida a ir até o Piazzale Michelangelo, que ficava a uns 2 kms de casa (na foto acima, representado pelas luzes azuis no canto direito).

No fim, não cheguei até o Piazzale porque quando cheguei aos pés da escada, além de alguns cavaletes para ‘impedir’ a passagem, havia dois rapazes e achei melhor não contar com a sorte (eram muitos degraus para subir e… já falei do sedentarismo? rs).

Durante todo o percurso (ida e volta), um sorriso ‘retardado’ estampado na cara o tempo todo. Acho que quem me viu, deve ter achado que eu era louca/tinha problema, rs.

E é isso: aproveite cada momento da sua viagem (mesmo os ruins porque acredite, você irá rir deles depois, rs), cada manhã, cada noite, cada pôr do sol: os pés cansados podem descansar depois ;)

Aquela era uma fria noite em Firenze, mas acima de tudo, linda ou pelo menos, assim viram meus olhos ♥

Foto: Rio Arno à noite por Una lucciola…

Anúncios

4 comentários sobre “A caminhada noturna

  1. Thais Helena disse:

    Ciao bella!
    Ti capisco benissimo!
    Sabe que eu me vejo como uma zumbi quando for para a Itália, não terei coragem de fechar meus olhos acho que nem para dormir… como diz o meu pai: horas dormidas são horas perdidas. Quero aproveitar tudo full time, deixo para dormir no Brasil…
    Adorei o post, como sempre!

    Baci e una buonissima giornata per te!

    Curtir

    • Isabela disse:

      Ciao, bella!
      Sì, devi goderti il massimo quando andrai in Italia, anzi, ogni volta che viaggi perché ogni secondo è oro ;)
      Baci e buona serata!

      Curtir

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s