RossoNoemi

RossoNoemi

Finalmente consegui terminar o meu Top 5 álbuns de 2012! Achei que ia terminar 2013 sem ter comentado todos, rs.

O segundo álbum da cantora Noemi, RossoNoemi, foi na verdade lançado em 2011. Uma nova edição foi lançada em 2012 após sua participação no Festival di Sanremo, com a canção Sono Solo Parole (apresentada no Festival) e a inédita In Un Giorno Qualunque.

Na capa do álbum, entre os cabelos de Noemi, encontram-se elementos que representam sua trajetória para chegar ao segundo álbum e entre os fios, é possível ler o nome das faixas do álbum, às vezes ao lado de algum desenho que represente a letra.

Começamos com a forte Sono Solo Parole. Uma linda canção sobre um amor que acabou, eles estão tão distante um do outro e ela gostaria de abraçá-lo e dizer que não é nada, mas são apenas palavras. Uma música extremamente triste e melancólica, que ganha profundidade incrível na voz rouca da cantora.

In Un Giorno Qualunque começa de forma melancólica e fica mais animada no refrão. Assim como a anterior, também fala de um amor que acabou. Ele prometeu, ela acreditou e ainda acredita, mas em um dia qualquer, em um dia importante, a melhor parte dele, ele perdeu para sempre.

O primeiro single do álbum (quando foi lançado em 2011), Vuoto a Perdere, foi escrito por ninguém menos que Vasco Rossi, um mito do rock italiano. Minha faixa preferida, fala sobre acabar com os mitos do corpo perfeito, da mulher madura que olha para a frente e não para trás, que entra em uma nova fase da vida e não deve sentir falta daquilo que passou e não pode mais voltar.

Partimos para Sospesa, que parece uma canção de ninar, com sua melodia doce, que cresce conforme a música avança. Pelo que eu entendi, é um amor que não a deixa ir, ela fica ‘pendurada’, tentando não se afogar, e recuperar as coisas que ela perdeu.

Odio Tutti i Cantanti, também single do álbum, é uma música metafórica. Segundo a própria cantora, o cantor (nem interprete, nem compositor) é a metáfora perfeita do mundo superficial no qual vivemos hoje, pois hoje não temos tempo de apreciar mais nada. A música é animada e fala exatamente disso: das coisas inúteis que queremos comprar e como as coisas mudam rapidamente.

O álbum continua com a gostosa Poi Inventi Il Modo, terceiro single do álbum, que fala da relação de dois amantes. Um amor difícil, mas do qual ela não consegue se desligar. Nem ele. “E então você inventa o modo para não me deixar ir”. Vontade de gritar junto com ela no refrão!

Le Luci Dell’alba fecha o álbum. Uma música que começa com assobios e termina com uma pegada mais rock. Fala sobre encontrar o caminho e como algumas máscaras te circundam e te confundem antes das luzes do nascer do sol, mas que para renascer, ela se reencontrará no silêncio do nascer do sol.

Vejo uma Noemi muito mais madura nesse segundo álbum. Ouvi o seu primeiro álbum, Sulla Mia Pele, e sinceramente não gostei muito.

RossoNoemi mostra muito mais o potencial vocal da cantora e acho que as parcerias feitas nele são muito superiores também, o que ocasionou uma seleção melhor de músicas e que essas fossem de maior qualidade.

Eu adoro a voz rouca dela, considero uma característica única. Um álbum pop muito bom e uma cantora para ser ouvida!

Foto: Capa do álbum (Reprodução)

Anúncios

Um comentário sobre “RossoNoemi

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s