La Teoria dei Colori

La Teoria dei Colori é o quarto álbum de estúdio do cantor Cesare Cremonini, lançado em maio de 2012. Segundo o cantor, o álbum fala não do amor que ele está vivendo em um determinado momento, mas a realidade que vivemos. É um disco de reação ao quão forte e invasiva é a realidade que o circunda.

O álbum já abre com a excelente faixa (e primeiro single), Il Comico (Sai Che Risate). Apesar do título falar de um “cômico”, a história contada pela música não é tão alegre assim. Fala de um homem que sabe fazer as pessoas rirem, mas que se esconde entre as pessoas, e de uma moça que tenta escapar da vida, cujos olhos riem, mas o coração chora. Incrível letra e melodia, ponto certeiro como single de estreia.

Segue-se com Una Come Te, também segundo single. Uma música sobre uma mulher única: uma como você se corre, tropeça, mas não cai, por uma rosa pode morrer porque ainda não sabe tirar os seus espinhos. E um homem como ele não pode se esquecer dela. Fofa, tanto a letra quanto a melodia simples.

A bela e romântica L’uomo Che Viaggia Fra Le Stelle fala de uma canção que não é triste, mas tristemente verdadeira. A melodia é melancólica, mas a letra é linda. Ele tinha medo e abriu a janela para ver que coisa tinha. Tinha a noite e as estrelas e sob o rosto dela, tinha a lua, e dessa forma, ele compreendeu que não teria amado nenhuma outra… :’)

Depois de uma canção triste, uma animada, mas não por isso menos triste. Apesar da melodia ritmada, a canção Non Ti Amo Più fala dessas quatro palavras (não te amo mais) que servem para dar adeus, mas será que só elas bastam? Ela finge que não tem nada acontecendo, mesmo ele sabendo que já não estão mais juntos. Ele pede para que ela parta logo o coração dele dando ela o adeus.

Amor Mio é uma linda declaração de amor. Romântica ao extremo tanto em letra quanto em melodia. Ela é a luz de um dia feliz, é a música que ele quer ouvir, é a neve que derrete em abril…

Apesar do nome, o último single do álbum, I Love You não fala do amor presente, mas daquele que já acabou. Ele acredita que eles ainda se reencontrarão, ela com as compras e ele ainda bêbado em um café. Ele ainda passa o tempo a envelhecer com ela, chama-a antes de dormir e fala: “I love you”. Eles ainda se reencontrarão, talvez rindo das mesmas palavras…

La Nuova Stella di Broadway, terceiro single, é simplesmente a minha favorita. Para mim, a canção mais bonita do álbum e uma das melhores já compostas por Cremonini. Fala de uma bailarina e um empresário que vivem uma noite de amor, mas ele acorda sem ela. Melodia triste, mas incrível!

La Teoria dei Colori foi lançada quatro anos depois de Il Primo Bacio Sulla Luna e, para mim, apresenta faixas que são muito características do cantor, de sua assinatura. Não consigo explicar, mas é nítido que cada faixa só podia pertencer a ele, como La Valle dei Re, que ele escreveu para Mengoni.

Um álbum pop incrível, com faixas animadas, melancólicas, tristes, profundas, e suas letras inteligentes e musicalidade sensacional. Imperdível!

Foto: Capa do álbum (Reprodução)

Anúncios

2 comentários sobre “La Teoria dei Colori

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s