Necessità Lunatica

Necessità Lunatica

O quarto álbum de estúdio do cantor Marco Carta entrou para o meu Top 5 de 2012 (e daqui a pouco, 2013 chega ao fim e eu ainda não comentei todos os álbuns do ano passado, rs).

Um álbum extremamente pop, o que eu adoro, com algumas músicas bem românticas.

Ele já abre com a gostosa Scusami Amore. Para mim, conta a história de um rapaz frágil e que pede desculpa por ser assim. Desculpa por todos os medos e inseguranças que ele sente. Música de melodia triste, como a letra em si.

Depois de uma música melacólica, entra uma mais animada, porém ainda “dor de cotovelo” (rs). Fammi Entrare é sobre como ele não consegue se aproximar da garota. Ela é uma incógnita para ele e ele pede “deixe-me entrar” (sem trocadilhos, por favor! rs). Faz muito mal para ele não saber o que se passa dentro da cabeça dela.

Chegamos ao primeiro single do álbum, Mi Hai Guardato Per Caso. Confesso que quando ouvi a primeira vez, achei chata. No entanto, com o tempo, essa música ganhou espaço. Mais uma melancólica. Ela diz que se apaixonou por ela desde que ela o viu por acaso. É fofo! rs

A faixa que dá título ao álbum foi também o segundo single. Necessità Lunatica é uma das minhas favoritas. Tenho vontade de sair gritando junto com ele, rs (#alocka). Um relacionamento que começa de forma inesperada e dessa mesma forma termina, mas que vira uma obsessão do cantor.

A próxima música, Ti Voglio Bene, quarto single, é muito pessoal de Marco, já que fala da perda de sua mãe quando ele tinha apenas 10 anos. Letra muito triste por conta da temática e emoção que Carta consegue expressar bem na música. “Dos seus olhos eu aprendi uma coisa especial que não há nada de ruim em ser você mesmo”.

Partindo de tantas desilusões e tristezas, uma música alegre. Solo Un Ricordo Ma Immenso é uma música animada, que fala sobre novos começos, o que eu sempre adoro. “Escolherei a estrada que me leve o mais longe”.

Gosto muito desse álbum.

Destaquei apenas algumas canções, mas as outras também são muito boas. O ponto negativo desse álbum para mim é exatamente a última faixa, Due Mondi Oposti. Acho bobinha, ele poderia ter terminado o álbum de forma melhor.

No geral, um bom álbum pop com músicas melancólicas em sua grande maioria.

Foto: Capa do álbum (Reprodução)

Anúncios

Um comentário sobre “Necessità Lunatica

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s