Via dell’Amore

Via dell'Amore por Una lucciola...

A via dell’Amore fica entre as cidades de Riomaggiore e Manarola.

Eu e minha amiga e companheira de viagem (beijos, Tati) fizemos o caminho, em 2010, partindo de Riomaggiore, pois essa é a primeira cidade partindo de La Spezia Centrale, mas dizem que você deve fazer o caminho pelas cinco terras começando da outra ponta: Monterosso Al Mare.

Enfim…

A via tem um pouco mais de um quilômetro e foi o único caminho que percorremos a pé, exatamente porque só tínhamos aquele dia para andar pelas cidades. É uma das principais (senão a principal) atrações turísticas do lugar e faz parte do Parque Nacional de Cinque Terre, além de ser patrimônio mundial da humanidade declarado pela UNESCO.

Durante os meses de abril a outubro, a via encontra-se repleta de turistas, então é aconselhável fazer seu percurso bem cedinho ou durante o pôr-do-sol. Ela faz parte do que os italianos chamam de sentiero azzurro (caminho azul) – acredito eu que por causa do azul do mar e do céu.

Para entrar na via dell’Amore deve-se pagar uma taxa (assim como para percorrer o ‘sentiero azzurro’). Mas para aqueles que compram o Cinque Terre Card, basta apresentá-lo (como foi meu caso).

A via é linda e vale muito a pena percorrê-la, mesmo em um dia praticamente nublado, como quando fomos (afinal, novembro é o mês das chuvas…) – mas acreditem, depois disso, chegou até a fazer sol!

O caminho é curtinho e acho que demoramos uns 15-20 minutos para andar toda a vida porque obviamente paramos e admiramos alguns pontos do local, observamos os homens pescando e as escritas e declarações dos apaixonados pela via, nos cadeados, nas plantas e pedras… rs

A história da via

O nascimento dessa via se deu de forma ocasional: a ampliação, que começou em 1920, da galeria ferroviária da linha Spezia-Gênova, que liga as estações de Riomaggiore e Manarola. Para a segurança das duas localidades, foi construído um depósito para os materiais explosivos usados na obra. Para uni-los, foi necessário abrir na rocha dois pequenos caminhos.

Foi só depois de um tempo – já com as obras terminadas e os explosivos removidos – que começou a se difundir, entre os habitantes das duas localidades, a ideia de usar esses caminhos para unir Riomaggiore e Manarola. Até então, o contato entre as duas cidades era praticamente inexistente, tanto que eles falavam até mesmo dialetos diferentes.

Nos anos 30, a administração decidiu começar o trabalho e graças a obra de voluntários e a generosidade dos cidadãos, nasceu a via. Como a via se tornou rapidamente a querida dos jovens apaixonados, um anônimo decidiu colocar, nas duas entradas da via, a inscrição Via dell’Amore.

Foto: Via dell’Amore por Una lucciola…

Anúncios

2 comentários sobre “Via dell’Amore

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s