Caravaggio + Passato Immediato

Caravaggio no MASP por Una lucciola...

Hoje, eu pude conferir a exposição Caravaggio e Seus Seguidores, que está no MASP desde 2 de agosto.

Minha primeira tentativa para vê-la foi completamente frustrada, já que a fila para entrar era de 1h30. Eu e minha amiga acabamos comprando o ingresso para esse domingo.

Chegamos às 10:20 e não havia fila para entrar, mas para comprar ingresso. A foto acima é do momento em que saímos: fila para comprar ingresso + fila para entrar!

A exposição estava bem movimentada. De Caravaggio mesmo, apenas uns 7 quadros. O restante é de seus seguidores, os caravaggescos.

O que dizer?

As salas com pouca iluminação criam todo um clima para o mestre do “claro-escuro”. O que mais me impressionou em suas obras é a tridimensionalidade delas. Parece que as pinturas vão sair da tela de tão reais. E seus seguidores não ficam muito atrás também.

Destaques para “São Jerônimo que escreve” e a “Medusa Murtola”, que deixou a Itália pela primeira vez (e foi recentemente identificada como a ‘Medusa original’).

Além de uma seção inteira para explicar as diferenças e curiosidades entre o quadro “São Francisco em meditação” de Caravaggio e sua cópia, também é possível fazer uma viagem na vida do pintor que morreu precocemente aos 38 anos e era um verdadeiro “brigão”, rs.

Resumindo: vá conferir de perto!

Passato Immediato por Una lucciola...

De Caravaggio no MASP, partimos para o Memorial da América Latina para ver o último dia da exposição “Passato Immediato – Presença Italiana na Arte Brasileira”, que também faz parte do momento Brasil-Itália.

A exposição aconteceu na Galeria Marta Traba e começou em junho, reunindo obras de artistas italianos vindos ao Brasil, de brasileiros que estudaram na Itália e de descendentes de italianos.

Foram 80 expositores, dentre eles o artista plástico Sérgio Romagnolo, o pintor José Pancetti, o escultor Victor Brecheret (autor do Monumento às Bandeiras, situado em frente ao Parque do Ibirapuera), o desenhista/gravurista Marco Buti e “osgêmeos”.

As obras que fizeram parte da mostra foram cedidas pela Pinacoteca do Estado, Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP), Palácio dos Bandeirantes, Instituto Lina e Pietro Maria Bardi, Coleção Brasiliana do Instituto Cultural Itaú, além das principais galerias de arte de São Paulo.

“Passato Immediato” conseguiu mostrar a influência italiana na arte brasileira. Valeu a visita!

PS.: Aos que forem ver a exposição do Caravaggio, vale a pena subir até o acervo do MASP para conferir pinturas de Monet, Rafaello Sanzio, Gaudin, Modigliani, Rodin e Botticelli. Já no Memorial da América Latina, vale a pena passar por todos os pavilhões, lembrando que a entrada é franca!

Foto: Caravaggio no MASP por Una lucciola…

Anúncios

3 comentários sobre “Caravaggio + Passato Immediato

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s