L’amore È Una Cosa Semplice

Ah, Tiziano…

Eu achava que ele jamais superaria seu terceiro álbum, “Nessuno È Solo”, mas seu quinto álbum de estúdio lançado no final de 2011, L’amore È Una Cosa Semplice, é uma coisa linda de meu Deus! rs

Com exceção de “La Fine” e “Paura Non Ho”, todas as músicas foram escritas pelo próprio Tiziano. Abaixo, vou comentar as que eu considero os destaques do álbum.

O álbum já abre com a deliciosa Hai Delle Isole Negli Occhi. Bateria, guitarra, piano em perfeita sintonia com a voz maravilhosa do Tiziano. Adoro quando ele canta, “odeio tantas coisas desde que eu te conheço… odeio o meu nome sozinho, sem o seu” ♥ – 3º single do álbum.

Segue-se com a faixa que dá título ao álbum. Tiziano começa dizendo que “tenho um segredo, todo mundo sempre tem um dentro”. Melodia gostosa e uma vontade imensa de gritar junto com ele, “L’amore è una cosa semplice e adesso, adesso, adesso, te lo dimostrerò!” (o amor é uma coisa simples e agora, agora, agora, eu vou te demonstrar!)

La Differenza Tra Me e Te foi o 1º single e é claramente a faixa mais comercial de todo o disco, o que eu gosto de chamar de “radio friendly”. É a faixa mais dançante também. Se joga ao som do Tiziano, colega! rs

La Fine” é meio falada e é, na verdade, um cover do rapper Nesli, lançada em 2009 (versão original aqui). Letra bastante triste que fala sobre como a vida não te olha na cara, ao máximo cospe, e decepcionar as pessoas.

O que dizer de L’ultima Notte Al Mondo? Perfeita! Tenho vontade de morrer toda vez que eu o ouço cantar: “e se m’innamorassi davvero saresti solo tu, l’ultima notte al mondo, io la passerei con te…” (e se eu me apaixonasse de verdade seria só você, a última noite do mundo, eu a passaria com você…).

Acredito que a faixa TVM (= ti voglio male) tenha tido uma influência da nossa bossa nova. Certamente uma das minhas favoritas pelo ritmo gostoso! Foi escrita em Taormina, na Sicília (mencionada na música).

Per Dirti Ciao! nasceu de uma carta enviada por uma jovem viúva, dizendo ao Tiziano de como as músicas dele fizeram parte da trilha sonora da história de amor vivida com o marido e de um bilhete que não foi entregue a tempo. A letra é realmente linda. “E guardami affrontare questa vita come fossi ancora qui” (e veja-me enfrentar essa vida como se você ainda estivesse aqui).

Para mim, os dois pontos baixos do álbum: (1) “10.000 Scuse”, em que Tiziano volta a cantar rap. NÃO, Tiziano, você nasceu para cantar música romântica!!!; e (2) “Karma”. Tiziano querido, você é lindo e talentoso, mas cantar em inglês não é para você. Basta lembrar de “Breathe Gentle“, que mais parecia um “Vinceeeenzo”. Sem mais! rs

Mesmo as músicas não destacadas são fantásticas, acreditem. Eu acho que ele se superou muito nesse álbum em relação ao quarto (Alla Mia Età) e fica numa bela disputa com “Nessuno È Solo”, que eu acho um álbum maravilhoso. Difícil escolher. Bom, nem é preciso porque podemos ficar com os dois! :)

Outra coisa que eu gostaria de mencionar são os clipes. Com exceção de “L’ultima Notte Al Mondo”, nos outros três, Tiziano aparece bem “caricato”, fazendo gestos, caretas, sorrisinhos. Acho exagerado.

Mas posso ser sincera?

Funciona tão bem quando é o Tiziano quem faz tudo isso… apenas ressalta como ele fica cada vez mais charmoso! rs

Álbum mais do que recomendado!!

Foto: Capa do álbum (Reprodução)

Anúncios

3 comentários sobre “L’amore È Una Cosa Semplice

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s