Lombardia

A Lombardia é a região mais populosa da Itália. Seu nome é derivado de sua população, os lombardos, de origem germânica que invadiu a Itália em 568.

Seu símbolo é inspirado na rosa camuna (branca e verde), que foi encontrada em uma rocha deixada pela civilização Camunni, o que revela a história milenar e a cultura antiga da região.

Uma das regiões mais extensas, ela está no norte da península e seu território vai dos Alpes até a Pianura Padana, o que proporciona uma variedade de paisagens a essa região. A cadeia alpina de Valchiavenna, Valtellina e Valcamonica é particularmente muito bonita.

Outro panorama dessa região é feito de colinas, como a área de Franciacorta, famosa por seus vinhedos e pela produção de vinho.

Também existem os grandes lagos. Essa região tem a parte ocidental do Lago di Garda e é uma meta turística bastante forte. Além dele, existem o Lago di Como e o Lago Maggiore, que tem a sua volta várias vilas, parques e pequenas cidades.

As paisagens proporcionadas pela presença da Pianura Padana são feitas de espelhos d’água, como a cidade de Lomellina, uma terra muito rica em tradições.

A Lombardia é uma terra muito rica, onde a natureza, a história, a arte e a cultura se encontram de forma harmoniosa e se mesclam com a inovação, a tecnologia, a moda, a diversão e a modernidade.

Suas principais comunas são Milano (Milão), Bérgamo, Brescia, Monza, Como, Mantova e Cremona.

O que visitar

Embora o turismo não seja tão representativo – diferentemente de outras regiões italianas -, ainda assim a região atrai muitos turistas por conta de suas belezas naturais e cidades de arte.

A região encontra-se entre as cinco mais visitadas, sendo Milão a segunda cidade italiana mais visitada, perdendo apenas para Roma (mas a permanência média é menor que em Roma e Florença).

Somente nessa região, encontram-se cinco patrimônios da UNESCO: a cidade Mantova, os Sacri Monti, as pinturas rupestres em Valcamonica, a ferrovia de AlbulaBernina, a vila industrial de Crespi d’Adda e a igreja Santa Maria della Grazie em Milano, por conta da Última Ceia de Leonardo da Vinci.

A capital, Milão, oferece algumas estruturas arquitetônicas, como o Teatro Alla Scala e o Castello Sforzesco, além do seu famoso Duomo gótico.

Em Monza, além do moderníssimo autódromo, também é interessante a visita a Villa Reale e a sua catedral. Brescia possui um monastério famoso, o de San Salvatore. Já Cremona é cheia de prédios renascentistas e é a cidade do famoso Stradivari.

Pavia é a cidade das torres, também tem um castelo e uma universidade. E Varese é conhecida por seus jardins. A cidade de Bergamo também é famosa por ser dividida em cidade alta e baixa.

Para quem busca cidades medievais, Lodi é uma excelente opção com sua Piazza della Vittoria e a catedral. Por fim, tem Como, que é a cidade do lago com mesmo nome e se destaca por possuir lindas vilas.

Na Lombardia, é possível fazer um turismo cultural (as amostras de Milão, Mantova, Brescia e Bérgamo), arquitetônico, comercial (Milão – a capital da moda), histórico-artístico, de montanha e lagos (Lago Maggiore, Lago di Como) ou simplesmente gastronômico. Para os apaixonados pelo esporte, vale uma visita aos estádios dos times milaneses (Milan e Inter) e também dar uma volta na pista de Monza, que sedia a Fórmula 1.

O que provar

As especialidades gastronômicas dessa região passam pelo famoso risotto allo zafferano, a sopa pavese com ovos, a cotoletta alla milanese e uma caçarola com carne de porco e repolho.

Os pizzoccheri também são apreciados, que é uma tagliatella proveniente da Valtellina. Existe também o salame cru de Varzi. Entre os peixes de água doce o Coregonus.

Dessa região saem alguns queijos famosos como o gorgonzola e o mascarpone, além do famoso grana padano.

Entre os doces, os de natais são bem conhecidos: o panetone que conhecemos vem de Milão. Ainda existem os amaretti de Saronno, uma torta de Mântua e os torrones de Cremona.

Os vinhos também são de destaque nessa região como o Grumello, o Inferno, o Sassella della Valtellina. A área mais conhecida na produção de vinhos e espumantes é a de Franciacorta.

Lombardia é uma região muito procurada por ser rica em cultura e arte, mas também por apresentar modernidade. E ainda assim, para quem quiser fugir de tudo isso, basta procurar a região das montanhas e ficar em contato com a natureza.

Foto: Città Alta, Bergamo (Reprodução)

Anúncios

Um comentário sobre “Lombardia

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s